Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/887639
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Mandioca e Fruticultura - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 4-Mai-2011
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: REIS, R. V. dos
OLIVEIRA, E. J. de
VIANA, A. P.
PEREIRA, T. N. S.
PEREIRA, M. G.
SILVA, M. G. de M.
Informaçães Adicionais: Ronaldo Viana dos Reis, UENF; EDER JORGE DE OLIVEIRA, CNPMF; Alexandre Pio Viana, UENF; Telma Nair Santana Pereira, UENF; Messias Gonzaga Pereira, UENF; Marcelo Geraldo de Morais Silva, UENF.
Título: Diversidade genética em seleção recorrente de maracujazeiro-amarelo detectada por marcadores microssatélites.
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 46, n. 1, p. 51-57, jan. 2011.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Passiflora edulis
Melhoramento
Variabilidade genética
Conteúdo: O objetivo deste trabalho foi estimar a variabilidade genética em dois ciclos de seleção recorrente do maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis) e avaliar o impacto da seleção nas progênies selecionadas via alterações nas frequências alélicas, detectadas com uso de marcadores microssatélites. Vinte e três pares de iniciadores microssatélites foram utilizados na genotipagem de 66 progênies de irmãos completos. Estimaram-se a frequência alélica, heterozigosidade esperada (He) e observada (Ho), conteúdo de informação polimórfica (PIC) e coeficiente de endogamia (f). Foram encontrados 32 alelos nas populações, dos quais apenas dois foram perdidos durante a seleção. O número médio de alelos por locos foi de 2,46, no primeiro ciclo, e de 2,30 no segundo ciclo. As diferenças nas frequências alélicas nos dois ciclos de seleção recorrente não foram significativas. A He média no primeiro ciclo de seleção foi de 0,20 por loco, ligeiramente maior que a Ho (0,15). No segundo ciclo de seleção, o valor médio da Ho foi menor que o da He, com média de 0,12. Os valores médios de f aumentaram no segundo ciclo seletivo, de 0,26 para 0,32. A maioria dos locos apresentou valores negativos de f, o que sugere altos índices de heterozigosidade. O valor médio do PIC decresceu de 0,18 para 0,16 no segundo ciclo. Houve pequena perda de variabilidade e alterações nas frequências alélicas; porém, esta oscilação pode ser considerada normal quando se pratica seleção.
Ano de Publicação: 2011
ISSN: 0100-204X
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPMF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
id27718PAB.pdf369,91 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace