Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/888753
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 17-Mai-2011
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: FACO, O.
LOBO, R. N. B.
MARTINS FILHO, R.
MOURA, A. de A. A.
LANA, R. de P.
Informaçães Adicionais: Olivardo Faco, Universidade Federal do Ceará - UFC, Fortaleza, CE.; RAIMUNDO NONATO BRAGA LOBO, CNPC; Raimundo Martins Filho, UFC; Arlindo de Alencar Araripe Moura, UFC; Rogério de Paula Lana, UFV, Viçosa, MG.
Título: Análise do desempenho produtivo de diversos grupos genéticos Holandês x Gir no Brasil.
Edição: 2002
Fonte/Imprenta: Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, MG, v. 31, n. 5, p. 1944-1952, 2002.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Raca holandesa.
Raça Gir
BOVINO LEITEIRO
Conteúdo: Foram obtidos dados de controle leiteiro mensal junto à Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, a partir dos quais foram calculadas as produções de leite por lactação (PL), as produções de leite até os 305 dias de lactação (PL305) e as durações das lactações (DL). Foram analisadas 3.574 lactações, das quais 10,8% foram registradas sob regime alimentar extensivo (RAEX), 67,9% sob regime alimentar semi-intensivo (RASI) e 21,3% sob regime alimentar intensivo (RAI). Os dados foram analisados pelo método dos quadrados mínimos por meio do procedimento GLM (SAS, 1996). Análises preliminares indicaram forte interação entre grupo genético e regime alimentar. Em função disso, a comparação do desempenho dos diversos grupos genéticos foi feita separadamente para cada regime alimentar. Foram também estudados os efeitos genéticos da diferença genética aditiva (g) entre as raças Holandesa e Gir, da dominância (d) e da interação epistática do tipo aditiva x aditiva (gg). Verificou-se que nem sempre os efeitos das interações epistáticas são negligenciáveis. Não foi verificado qualquer benefício em elevar a proporção de genes da Raça Holandesa sob condições de ambiente hostis. Por outro lado, para manejos mais aprimorados, tal elevação deu indícios de ser benéfica para o aumento da produção. [Analysis of productive performance of different Holstein x Gir genetic groups in Brazil]. ABSTRACT - Total milk yield per lactation (PL), milk yield in 305 days (PL305) and lactation length (DL) were estimated based on records of the Brazilian Association of Girolando Breeders (3,574 lactations). Milk production was recorded monthly and 10.8% of the herds were raised under an extensive feeding system, 67.9% under a semi-intensive feeding system and 21.3% under an intensive feeding system. Data were analyzed through the least square method by GLM procedure (SAS, 1996). Preliminary analysis indicated a high interaction between genetic group and feeding system. Thus, the performance of genetic groups was evaluated within each feeding system. Genetic effects of additive difference between (g) Holstein and Gir breeds, dominance (d) and additive x additive epistatic interactions (gg) were also studied. It was observed that, in some cases, the effects of epistatic interactions should be taken into account. Moreover, increasing the proportion of Holstein-Friesian genes did not have any significant effect on milk yield when herds were raised under poor management conditions. However, as such conditions improved, crosses with higher proportion of Holstein tended to show better performance.
Thesagro: Cruzamento animal
Lactação
Vigor híbrido.
Ano de Publicação: 2002
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
APIAnalisedodesempenhoprodutivo.pdf49,91 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace