Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/889179
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 20-Mai-2011
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: FARIAS, D. A. de
VASCONCELOS, A. M. de
GOMES, T. C. L.
LEITE, E. R.
EGITO, A. S. do
ROGÉRIO, M. C. P.
Informaçães Adicionais: Daniele Alves de Farias, Pós-graduanda, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) - Sobral, CE.; Ângela Maria de Vasconcelos, UVA, Sobral, CE.; Tereza Cristina Lacerda Gomes, UVA, Sobral, CE.; Eneas Reis Leite, UVA, Sobral, CE.; ANTONIO SILVIO DO EGITO VASCONCELOS, CNPC; Marcos Claudio Pinheiro Rogério, UVA - Sobral, CE.
Título: Caracterização de sistemas de produção de leite bovino no município de Sobral, Ceará.
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 6.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 7.; FÓRUM DE COORDENADORES DE PÓS GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO ANIMAL DO NORDESTE, 1.; FÓRUM DE AGROECOLOGIA RO RIO GRANDE DO NORTE, 1., 2010, Mossoró. Anais... Mossoró: Sociedade Nordestina de Producao Animal; UFERSA, 2010. 4 f. 1 CD-ROM.
Idioma: pt_BR
Conteúdo: Objetivou-se caracterizar os sistemas de produção de leite bovino no município de Sobral, Ceará. O estudo de casos abrangeu oito unidades produtoras de leite (UPL), sendo considerados sete critérios (manejo alimentar, manejo do bezerro, manejo reprodutivo, tipos raciais, sistema de ordenha, manejo sanitário e anotações zootécnicas ) para a classificação das UPLs em semi-especializadas ou não especializadas. Os dados primários foram obtidos a partir da aplicação de questionário em entrevistas individuais realizadas no período de julho a outubro de 2009. Das quatro UPLs classificadas em não especializadas (NE), o manejo alimentar com suplementação durante o ano inteiro foi verificado em apenas duas propriedades. O uso da Inseminação artificial neste sistema foi verificado em duas fazendas e a mecanização da ordenha em nenhuma propriedade. A escala de produção de leite variou entre 51 a 300 litros/dia. Nas quatro UPLs classificadas como sistema semi-especializado (SE), o manejo alimentar incluiu a administração de concentrados durante o ano inteiro. Verificou-se a mecanização da ordenha em duas UPLs com duas ordenhas diárias, e a adoção de medidas sanitárias na ordenha em todas as propriedades. A escala de produção diária foi de 301 a mais de 500 litros de leite. Nos sistemas de produção estudados, os baixos investimentos e níveis tecnológicos resultam em menor escala de produção diária. A não adoção de boas práticas de higiene durante a ordenha pode comprometer a qualidade microbiológica do leite.
Thesagro: Gado leiteiro
Manejo
Ano de Publicação: 2010
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AACCaracterizacaodossistemasdeproducao.pdf103,92 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace