Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/902702
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Café - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 7-Out-2011
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: VIEIRA, T. G. C.
LACERDA, M. P. C.
ALVES, H. M. R.
Informaçães Adicionais: EPAMIG; EPAMIG; HELENA MARIA RAMOS ALVES, SAPC.
Título: Imagens orbitais aplicadas ao levantamento da cultura do café em Minas Gerais.
Edição: 2000
Fonte/Imprenta: IN: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 1., 2000, Poços de Caldas. Resumos Expandidos. Brasília, DF: Embrapa Café/MINASPLAN, 2000.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Imagem TM/Landsat
Geoprocessamento
Patrocínio
Machado.
Conteúdo: Este trabalho apresenta os resultados parciais do sub-projeto de pesquisa integrante do projeto denominado ?Zoneamento Agroclimatológico da cultura cafeeira? com recursos financeiros do CBPD/Café, que está sendo desenvolvido pela EPAMIG/CTSM/Laboratório de Geoprocessamento. O objetivo do trabalho é a correlação das variáveis da cultura cafeeira com suas respostas espectrais em imagens TM/Landsat 5, afim de se obter padrões de identificação desta cultura por meio de sensoriamento remoto orbital e técnicas de geoprocessamento, para posterior utilização no monitoramento, gerenciamento e planejamento do parque cafeeiro de Minas Gerais. Os trabalhos de campo envolveram a seleção de áreas representativas da cafeicultura nas principais regiões produtoras do estado, com definição das áreas-piloto, seguida de levantamento de dados da cultura cafeeira e do meio físico. As áreas-piloto selecionadas para o estudo localizam-se em Patrocínio, representativa da região produtora do Alto Paranaíba, e em Machado, representativa da região produtora do Sul de Minas. Os dados de campo foram implementados em banco de dados digital do Sistema de Informações Geográficas do SPRING e as imagens TM/Landsat 5 foram tratadas também no SPRING, onde foram extraídos os valores de refletância por pixels dos talhões de café georreferenciados no campo. Os dados de reflectância, assim como os demais dados levantados no campo foram organizados em planilhas eletrônicas para os estudos de correlação. Os resultados parciais mostram que em função da grande complexidade da cultura cafeeira, da limitação da resolução espacial da imagem TM/Landsat 5, a definição de padrão orbital exato é dificultado. Sugere-se avaliações temporais e associação de produtos de sensores remotos de maior precisão espacial. No entanto, no caso de cafezais formados e em bom estado produtivo, o levantamento e monitoramento visual da cultura cafeeira por meio de imagens TM/Landsat 5 pode ser utilizado, particularmente em regiões que beneficiem o imageamento orbital, tal é o caso da região de Patrocínio.
Thesagro: Cafeicultura.
Ano de Publicação: 2000
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (SAPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Imagensorbitaisaplicadas.pdf25,81 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace