Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/903511
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 19-Out-2011
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: OLIVEIRA, D. P. de
OSTERNO, J. J.
PORTO, A.
CARVALHO, J. F. de
LIMA, M. A. de C.
VASCONCELOS, A. M. de
LANDIM, A. V.
ROGERIO, M. C. P.
Informaçães Adicionais: Danielle Pernambuco de Oliveira, Pós-graduanda Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA - Sobral, CE.; Juliana Justino Osterno, Pós-graduanda, UVA,; Aparecido Porto, Pós-graduando - UVA; Jefferson Ferreira de Carvalho, Pós-graduando, UVA; Mário André de Carvalho Lima, Pós-graduando, UVA; Angela Maria de Vasconcelos, Pós-graduanda, UVA; Aline Vieira Landim, Pós-graduanda, UVA; MARCOS CLAUDIO PINHEIRO ROGERIO, CNPC.
Título: Avaliação da freqüência cardíaca e respiratória em ovinos de diferentes raças.
Edição: 2011
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA, 21., 2011, Maceió. Inovações tecnológicas e mercado consumidor: anais. Maceió: Associação Brasileira de Zootecnistas, 2011. 3 f. 1 CD-ROM.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Parâmetro fisiológico
Frequência respiratória
Frequência cardíaca
Conteúdo: O presente estudo foi conduzido objetivando-se medir o estresse climático de ovinos das raças Morada Nova e Santa Inês, criados em condições semi-intensiva, na região semiárida do Nordeste através de medidas das frequências respiratórias e cardíacas. Foram utilizados 10 animais de cada raça, e as mensurações das freqüências respiratórias e cardíacas, efetuadas em cinco dias consecutivos nos turnos da manhã e tarde durante o período chuvoso. Os animais Morada Nova apresentaram menores freqüências respiratórias (44,23 mov/min) e, maiores frequências cardíacas (77,04 bat/min) do que os da raça Santa Inês (51,37 mov/min; 72,02 bat/min,), respectivamente, que mostraram-se mais sensíveis ao estresse ambiental, uma vez que as frequências respiratórias foram maiores. Os animais da raça Morada Nova mostraram-se menos sensíveis ao estresse ambiental do que os ovinos Santa Inês, nas condições climáticas estudadas. Evaluation of breathing and heart frequency in sheep of different breeds. Abstract: The aimed of this study to measure the environmental stress of sheep breeds Morada Nova and Santa Ines, created under in the semi-intensive, in region semiarid Northeastern through the measurement of breathing frequency and heart frequency. Ten animals of each breed, and the measurements breathing and heart frequency made on five days consecutive in the shifts the morning and afternoon during the rainy season. The animals Morada Nova had lower breathing frequency (44.23 mov/min) and higher heart frequency (77.04 beats/min) than the Santa Ines (51.37 mov/min; 72.02 beats/min), respectively, which were more sensitive to environmental stress, since the breathing frequency were higher. The animals Morada Nova were less sensitive to environmental stress than sheep Santa Ines in the environment conditions studied.
Thesagro: Ovino
Estresse térmico
Fator ambiental
Ano de Publicação: 2011
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AACAvaliacaodafrequencia.pdf353,8 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace