Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/905669
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Café - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 10-Nov-2011
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: FERRÃO, R. G.
FERRAO, M. A. G.
FONSECA, A. F. A. da
CRUZ, C. D.
CECON, P. R.
CARNEIRO, P. C. S.
FERREIRA, A.
SILVA, M. F. da.
Informaçães Adicionais: ROMÁRIO GAVA FERRÃO, INCAPER; MARIA AMELIA GAVA FERRAO, SAPC; AYMBIRE FRANCISCO A DA FONSECA, SAPC; COSME DAMIÃO CRUZ, UFV; PAULO ROBERTO CECON, UFV; PEDRO CRESCENCIO SOUSA CARNEIRO, UFV; ADÉCIO FERREIRA, Bolsista da CAPES; MÁRCIA FLORES DA SILVA, Bolsista da CODETEC.
Título: Correlações entre características de clones de café conilon.
Edição: 2007
Fonte/Imprenta: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 5., 2007, Águas de Lindóia. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2007.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Coffea canephora
Melhoramento genético
Conteúdo: O objetivo do trabalho foi estimar as correlações genotípica, fenotípica e ambiental de materiais genéticos do Programa de Melhoramento Genético de café Conilon do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (INCAPER), referentes a doze características, no Estado do Espírito Santo. Quarenta materiais genéticos foram avaliados no período de 1996 a 2000, num total de cinco colheitas, nas Fazendas Experimentais de Sooretama e Marilândia/Incaper, ES, no delineamento de blocos casualizados, com seis repetições. As características avaliadas foram: período, em número de dias, da florada principal à completa maturação dos frutos, peso médio de grãos, relação café cereja e café beneficiado, relação café coco e café beneficiado, porcentutal de grãos ?chochos?, porcentual de grãos ?chatos?, porcentual de grãos ?mocas?, porcentual de grãos retidos na peneira 17, porcentutal de grãos retidos nas peneiras 17, 15, 13 e 11, respectivamente e, porcentual de grão peneira média. Em 95,45% dos casos as correlações genotípicas foram superiores às fenotípicas, indicando a maior influência dos fatores genéticos em relação ao ambiental e condições propícias ao melhoramento para os diferentes caracteres. Em 72,23% dos casos houve concordâncias de sinais entre as correlações fenotípicas, genotípicas e ambientais, apontando a baixa influência ambiental na associação entre os caracteres.
Ano de Publicação: 2007
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (SAPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Correlacoesentrecaracteristicas.pdf129,27 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace