Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/908627
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2011
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: STRASSBURGER, A. S.
MENEZES, A. J. E. A. de
PERLEBERG, T. D.
EICHOLZ, E. D.
GONZALEZ MENDEZ, M. E.
SCHÖFFEL, E. R.
Additional Information: ANDRÉ SAMUEL STRASSBURGER; ANTONIO JOSE ELIAS A DE MENEZES, CPATU; TÂNGELA DENISE PERLEBERG; EBERSON DIEDRICH EICHOLZ; MARTA ELENA GONZALEZ MENDEZ, UFPEL; EDGAR RICARDO SCHÖFFEL, UFPEL.
Title: Comparação da temperatura do ar obtida por estação meteorológica convencional e automática.
Publisher: Revista Brasileira de Meteorologia, São Paulo, v. 26, n. 2, p. 273-278, jun. 2011.
Language: pt_BR
Keywords: Sensores de temperatura
Temperatura média do ar
Temperaturas extremas
Termohigrógrafo
Description: Este trabalho teve como objetivos comparar os dados da temperatura do ar (temperatura média e extrema), obtidos em uma Estação Meteorológica Convencional com os de uma Estação Meteorológica Automática, e avaliar as estimativas da temperatura média diária do ar por diferentes métodos. As estações meteorológicas estavam localizadas na Estação Agroclimatológica de Pelotas, Capão do Leão (31º52? S, 52º21? W e 13,2 m), Rio Grande do Sul, Brasil. A série de cada elemento foi obtida simultaneamente na Estação Automática e na Estação Convencional durante o período de 22/12/2005 a 21/12/2006. Existe alta equivalência para as medidas das temperaturas extremas e das estimativas das temperaturas médias entre as Estações Meteorológicas Convencional e Automática, independente do método utilizado para o cálculo da temperatura média do ar. O termohigrógrafo mede, com alta precisão, as temperaturas extremas do ar. Verificam-se pequenas diferenças nos horários de ocorrência das temperaturas mínimas e máximas entre as Estações Meteorológicas Convencional e Automática. A análise dos dados indica que a substituição da Estação Meteorológica Convencional pela Estação Meteorológicas Automática, na região Sul do Rio Grande do Sul, não acarreta mudanças significativas na série de dados de temperatura do ar.
Data Created: 2011-12-06
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
11.pdf373,99 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace