Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/909521
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Café - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2005
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: ROSA, S. D. V. F. da
VEIGA, A. D.
SILVA, L. H. de C. e
VEIGA, A. D.
OLIVEIRA, F. J. M.
Additional Information: STTELA DELLYZETE VEIGA F DA ROSA, SAPC; ANDRÉ DELLY VEIGA, UFLA; LUIZ HILDEBRANDO DE CASTRO E SILVA, UFLA; ADRIANO DELLY VEIGA, UFLA; FERNANDO JORGE MIZIARA OLIVEIRA, UFLA.
Title: Armazenabilidade de sementes de Coffea canephora Pierre colhidas em diferentes estádios de maturação e submetidas a diferentes métodos de secagem.
Publisher: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 4., 2005, Londrina. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2005.
Language: pt_BR
Keywords: Coffea canephora Pierre
Estádio de maturação.
Description: A lenta e desuniforme germinação de sementes de cafeeiro aliadas ao seu baixo potencial de armazenamento, dificultam a obtenção de mudas uniformes e bem desenvolvidas. Apesar dos esforços das pesquisas as causas da lenta germinação ou baixa armazenabilidade das sementes continuam obscuras. Para a produção de sementes de cafeeiro é recomendada à colheita dos frutos no estádio cereja, no entanto pesquisas têm demonstrado que estas sementes já adquirem a sua máxima capacidade germinativa entre os estádios verde cana e cereja e que sementes completamente maduras, podem não ter o máximo potencial de armazenamento ou maior tolerância à desidratação devido à provável iniciação do processo de germinação já no final do processo de desenvolvimento. Assim, o presente trabalho foi realizado com o objetivo de investigar os efeitos do estádio de desenvolvimento e do método de secagem sobre a germinabilidade e a armazenabilidade de sementes de cafeeiro. Sementes foram processadas a partir de frutos de Coffea canephora Pierre, cultivar Apoatã IAC2258, colhidos no estádio cereja e verde cana e submetidas a três métodos de secagem (sem secagem, secagem lenta à sombra e secagem rápida em secador estacionário). Após quatro meses de armazenamento sob temperatura de 10ºC em embalagens herméticas, foram avaliados a qualidade fisiológica e o vigor das sementes por meio dos testes de germinação, de protrusão radicular, de matéria seca de plântulas, de emergência em bandejas, de índice de velocidade de emergência, de condutividade elétrica e de viabilidade pelo teste de tetrazólio. Analisando-se os resultados pode-se concluir que sementes de Coffea canephora L. apresentam maior capacidade de armazenamento quando colhidas no estádio cereja e são armazenadas úmidas. Além disto, em ambos estádios de maturação, as sementes apresentam desempenhos fisiológicos semelhantes, após quatro meses de armazenamento, quando são submetidas uma secagem lenta. A secagem rápida é prejudicial à qualidade fisiológica de sementes de Coffea canephora L.
Thesagro: Armazenamento
Secagem
Semente.
Data Created: 2011-12-13
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (SAPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Armazenabilidadedesementes.pdf155.51 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace