Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/912104
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Acre - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2011
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: SIVIERO, A.
DELUNARDO, T. A.
HAVERROTH, M.
OLIVEIRA, L. C. de
MENDONÇA, A. M. S.
Additional Information: AMAURI SIVIERO, CPAF-AC; THIAGO ANDRES DELUNARDO, UFAC; MOACIR HAVERROTH, CPAF-AC; LUIS CLAUDIO DE OLIVEIRA, CPAF-AC; ÂNGELA MARIA SILVA MENDONÇA, BOLSISTA EMBRAPA.
Title: Cultivo de espécies alimentares em quintais urbanos de Rio Branco, Acre, Brasil.
Publisher: Acta Botanica Brasilica, Belo Horizonte, v. 25, n. 3, p. 546-553, 2011.
Language: pt_BR
Keywords: Agrobiodiversidade
Quintal urbano
Rio Branco (AC)
Acre
Amazônia Ocidental
Nutrición humana.
Análisis estadístico
Biodiversidad
Huertos para cocinar
Description: (Cultivo de espécies alimentares em quintais urbanos de Rio Branco, Acre, Brasil). Os quintais são espaços de resistência no ambiente urbano que garantem a interação do homem com elementos do mundo natural. As plantas alimentares cultivadas em quintais urbanos são importantes na complementação da dieta alimentar dos moradores da cidade. Este trabalho teve como objetivo realizar um levantamento das espécies vegetais de uso alimentar cultivadas em quintais urbanos de Rio Branco. Foram realizadas entrevistas presenciais com uso de questionário específi co registrando as espécies vegetais de uso alimentar, área do quintal e fatores socioeconômicos dos moradores em 132 quintais urbanos de Rio Branco entre 2009 e 2010. Os bairros selecionados para este estudo foram Aeroporto Velho, Placas e Novo Horizonte, todos situados na periferia do município. Foram detectadas 77 espécies de uso alimentar pertencentes a 34 famílias botânicas, com destaque para as famílias Solanaceae (12,6%) e Myrtaceae (11,3%), sendo 62,0% de espécies frutíferas e 38,0% de hortaliças. Do total de espécies registradas 82,3% são exóticas, sendo 34,1% e 18,9% associadas ainda ao uso medicinal e ornamental. Não foram identificadas associações estatísticas significativas entre a riqueza de espécies e os fatores socioeconômicos. A análise de variância não paramétrica apresentou diferenças significativas entre bairros revelando que o bairro Placas possui maior riqueza de espécies. A riqueza de espécies correlacionou positivamente com a área dos quintais. O cultivo das plantas alimentares em quintais urbanos de Rio Branco auxilia no tratamento de doenças e promove a conservação da agrobiodiversidade, bem estar aos moradores pela melhoria da paisagem, ambiência microclimática e espaço de lazer.
Thesagro: Nutrição humana
Horta caseira
Análise estatística
Agricultura de Subsistência.
NAL Thesaurus: Subsistence farming
Human nutrition
Biodiversity
Kitchen gardens
Statistical analysis.
Data Created: 2012-01-09
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPAF-AC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
24060.pdf531,78 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace