Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/927334
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 28-Jun-2012
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: SIQUEIRA, A. P.
OLIVEIRA, R. M. P.
SILVA FILHO, J. M.
PALHARES, M. S.
FONSECA, J. F. da
BRUSCHI, J. H.
BRUSCHI, M. C. M.
Informaçães Adicionais: A. P. Siqueira, Pós-graduação - EV-UFMG, Belo Horizonte, MG; R. M. P. Oliveira, Pós-graduação, EV-UFMG - Belo Horizonte, MG; J. M. Silva Filho, UFMG - Belo Horizonte, MG; M. S. Palhares, UFMG - Belo Horizonte, MG; JEFERSON FERREIRA DA FONSECA, CNPC; JOSE HENRIQUE BRUSCHI, CNPGL.; M. C. M. Bruschi, Autônoma.
Título: Progesterona plasmática e fertilidade de fêmeas caprinas submetidas à sincronização do estro com prostaglandina F2?.
Edição: 2012
Fonte/Imprenta: Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, Belo Horizonte, v. 64, n. 2, p. 305-310, 2012.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Estro
Goat
Prostaglandin.
Conteúdo: Resumo: Avaliou-se a resposta ao protocolo de sincronização do estro com duas doses de prostaglandina F2 (22,5µg) intervaladas de 10 dias, por meio da mensuração da concentração de progesterona plasmática, bem como a taxa de concepção das cabras após a inseminação artificial, de acordo com as diferentes respostas obtidas. Utilizaram-se 23 fêmeas e dois reprodutores da raça Toggenburg. A mensuração da progesterona plasmática foi realizada no dia da primeira aplicação de PGF2? (D0), no D5, no dia da segunda aplicação de PGF2? (D10), no D15, no D20 e no D33. A resposta positiva à PGF2? foi determinada pela queda da concentração de progesterona a valores abaixo de 1,5ng/mL, mensurada nos dias cinco e 15. As fêmeas foram distribuídas em três grupos. O grupo I foi composto por fêmeas que responderam às duas aplicações; o grupo II por fêmeas que não responderam à primeira aplicação e responderam à segunda aplicação; e o grupo III por fêmeas que responderam à primeira aplicação e não responderam à segunda aplicação, foram inseminadas e não conceberam. A presença de um corpo lúteo funcional, no momento das aplicações, determinou a resposta ao protocolo. As diferentes respostas das fêmeas ao protocolo, grupo I e II, não influenciaram as taxas de concepção. Plasmatic progesterone and fertility of goats submitted at estrus synchronization with Prostaglandin F2?. Abstract: Plasmatic progesterone concentrations were evaluated during the synchronization protocol with two doses of 22.5µg of Prostaglandin F2?, 10-day interval, and the conception rate of females in accordance to the reply to the protocol. Twenty-three female goats and two sexually mature Toggenburg bucks were used. Blood was sampled on day 0 (1st PGF2? injection), and on the following days 5, 10 (2nd PGF2? injection), 15, 20, and 33. The positive reply to the PGF2? was determined when the progesterone concentrations fell to values below 1.5ng/mL at days 5 and 15. The females were divided in three groups: Group I: females that responded to the two PGF2? applications; Group II: females that responded only to the second application; Group III: females that responded the first application, did not respond to the second application, were inseminated but did not conceive. The presence of a functional corpus luteum at the moment of the applications determined the reply to the protocol. There was no difference in the conception rates between females that responded to the two PGF2? applications or responded only to the second application.
Thesagro: Caprino
Progesterona
Prostaglandina
Sincronização do cio
Ciclo estral
NAL Thesaurus: Progesterone
Conception rate.
Ano de Publicação: 2012
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
APIProgesteronaplasmatica.pdf233,35 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace