Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/929721
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 27-Jul-2012
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: KRZYZANOWSKI, F. C.
LORINI, I.
FRANÇA-NETO, J. B.
HENNING, A. A.
Informaçães Adicionais: FRANCISCO CARLOS KRZYZANOWSKI, CNPSO; IRINEU LORINI, CNPSO; JOSE DE BARROS FRANCA NETO, CNPSO; ADEMIR ASSIS HENNING, CNPSO.
Título: Efeito do expurgo com fosfina na qualidade fisiológica da semente de soja.
Edição: 2012
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA, 6., 2012, Cuiabá. Soja: integração nacional e desenvolvimento sustentável: anais. Brasília, DF: Embrapa, 2012.
Páginas: 4 p.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Expurgo - semente de soja
Conteúdo: O expurgo é uma prática usada para eliminar todas as pragas que infestam as sementes armazenadas mediante uso de gás. O gás registrado no país para expurgo de sementes é a fosfina (PH3), que pode ser usado em lotes de sementes ensacadas ou a granel em silos e armazéns. Embora seu uso em sementes seja generalizado, apenas recentemente passou a ser usado em sementes de soja. Como a fosfina é um biocida geral, existem dúvidas sobre o seu efeito na qualidade fisiológica da semente. O objetivo deste experimento foi avaliar o efeito da fosfina na germinação, no vigor (envelhecimento acelerado e comprimento de plântula) e na sanidade, parâmetros que afetam a qualidade da semente. Foram usadas sementes de soja com dois níveis de vigor determinado por meio do teste de tetrazólio, das cultivares Embrapa 48 e CD202. As sementes foram colocadas em câmaras individuais de expurgo de 1,0 m3 de capacidade e expostas a concentrações 1,0; 2,0 e 3,0 g de fosfina/m3. O gás foi monitorado no interior de cada câmara através do medidor Silochek. Após este período as câmaras foram abertas, retiradas às sementes e realizadas as análises de qualidade, por meio dos testes de germinação, comprimento de plântulas, comprimento do hipocótilo e envelhecimento acelerado. A concentração de fosfina manteve-se constante nas câmaras durante todo o experimento, permitindo a exposição das sementes ao gás nas concentrações determinadas e necessárias a eliminação de todas as fases das pragas de sementes armazenadas. Mesmo na dose mais baixa a concentração manteve-se superior aos 400 ppm que é a referência técnica de concentração mínima para eliminar os insetos praga. Os resultados das análises dos parâmetros de qualidade mostraram que a aplicação da fosfina não afetou a qualidade fisiológica e sanitária das sementes de soja neste experimento.
Ano de Publicação: 2012
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
404s108.pdf224,27 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace