Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/934597
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 26-Set-2012
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: ALBERTONI, O.
ALEIXO, A. P.
URCOVICHE, R. C.
ROSSETO, P.
KASCHUK, G.
HUNGRIA, M.
Informaçães Adicionais: ODAIR ALBERTON, UNIPAR - Prof.; ADRIANA PEREIRA ALEIXO, UNIPAR - Mestranda; REGIANE CRISTINA URCOVICHE, UNIPAR - Mestranda; PRISCILA ROSSETO, UNIPAR; GLACIELA KASCHUK, UNIPAR; MARIANGELA HUNGRIA DA CUNHA, CNPSO.
Título: Abundância de fungos micorrízicos arbusculares e biomassa total fúngica e bacteriana de solos cultivados com cana de açúcar.
Edição: 2012
Fonte/Imprenta: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS, 30.; REUNIÃO BRASILEIRA SOBRE MICORRIZAS, 14.; SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA DO SOLO, 12.; REUNIÃO BRASILEIRA DE BIOLOGIA DO SOLO, 9.; SIMPÓSIO SOBRE SELÊNIO NO BRASIL, 1., 2012, Maceió. A responsabilidade socioambiental da pesquisa agrícola: anais. Viçosa: SBCS, 2012. 4 p. Trab. 108.
Idioma: pt_BR
Notas: Fertbio.
Conteúdo: A cana de açúcar movimenta no Brasil cerca de R$40 bilhões por ano com a produção e comercialização de açúcar e etanol. Os micro-organismos do solo têm são fundamentais no ciclo dos nutrientes, destacando os Fungos Micorrízicos Arbusculares (FMAs) no fornecimento de fósforo para as plantas. Os objetivos desse trabalho foram determinar os parâmetros quantitativos da microbiota do solo através da avaliação da abundância de esporos dos FMAs e biomassa total de fungos e bactérias utilizando a técnica de microscopia de Epifluorescência, em mata ciliar e em canaviais com diferentes manejos do solo. Foram selecionadas seis áreas no Estado de São Paulo e as amostras de solo foram coletadas nos períodos de outubro/novembro de 2010. A abundância de esporos dos FMAs junto ao manejo de cana de açúcar não apresentaram diferenças significativas. Houve aumento significativo do pH do solo nos solos manejados em relação com a mata ciliar. O baixo pH do solo não interferiu na comunidade dos FMAs e também não afetou na biomassa de fungos e bactérias. Foram observadas diferenças significativas no aumento para biomassa de bactérias e fungo+bactérias do solo no manejo com cana queimada, com aplicação de vinhaça e colheita mecanizada em relação à cana crua, sem vinhaça e colheita manual. Este é o primeiro estudo que se tem conhecimento realizado no Brasil utilizando a técnica de microscopia de epifluorescência para estimar a biomassa total de carbono de fungos e bactérias e os resultados apresentados aqui estão de coerentes com outros estudos da literatura. Desse modo a técnica é promissora e poderá ser utilizada em futuros estudos no Brasil.
Thesagro: Cana de açúcar
Microbiologia do solo
Manejo do solo
Microrganismo
NAL Thesaurus: Sugarcane
Soil biology
Ano de Publicação: 2012
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FERTBIO108.pdf58,23 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace