Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/934941
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Soja - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2012
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: ADEGAS, F. S.
GAZZIERO, D. L. P.
VOLL, E.
FÁVERO, F.
BRACIFORTE, J. C.
Additional Information: FERNANDO STORNIOLO ADEGAS, CNPSO; DIONISIO LUIZ PISA GAZZIERO, CNPSO; ELEMAR VOLL, CNPSO; Copacol, Cafelândia-PR; Coagru, Ubiratã-PR.
Title: Avena fatua resistente ao herbicida clodinafope-propargil: primeiro caso no Brasil.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DA CIÊNCIA DAS PLANTAS DANINHAS, 28., 2012, Campo Grande. A ciência das plantas daninhas na era da biotecnologia: anais. Campo Grande: SBCPD, 2012. 5 p. Trab. 519.
Language: pt_BR
Notes: CBCPD.
Description: A aveia selvagem ou silvestre (Avena fatua) está entre as principais infestantes das lavouras de trigo do sul do Brasil e o clodinafope-propargil é um dos herbicidas mais utilizados para o seu controle. No entanto, recentemente apareceram relatos da existência de populações de A. fátua não mais controladas por esse herbicida. O presente trabalho teve o objetivo de verificar se essa suspeita de resistência era verdadeira. Para tal, foram coletadas sementes em duas localidades com problemas de controle, na região oeste do Paraná, que foram comparadas a uma população susceptível. O experimento foi conduzido na Embrapa Soja, em blocos casualizados com quatro repetições. Os tratamentos, no esquema dose-resposta, foram compostos pela dose padrão do clodinafope-propargil (36 g i.a. ha-1), adicionado a doses equivalentes a 1/8, 1/4, 1/2, 2/1, 4/1 e 8/1 desse padrão, mais uma testemunha sem aplicação. Foram calculadas as doses de clodinafope-propargil para controlar 50% dos biótipos (GR50), visualmente e pela biomassa seca, assim como a taxa de resistência entre os biótipos suspeitos e o susceptível. O GR50 médio da avaliação visual foi de 203,68 g ha-1 para os biótipos suspeitos e de 11,85 g ha-1 para o susceptível. Para a biomassa seca, o GR50 médio dos biótipos suspeitos foi 247,21 g ha-1 e do susceptível foi 15,20 g ha-1. Esses índices resultaram nas respectivas taxas médias de resistência de 17,19 e 16,26, para a avaliação visual e para o peso da biomassa seca, que comprovou a resistência das duas populações suspeitas ao herbicida clodinafope-propargil.
Thesagro: Trigo
Erva daninha
NAL Thesaurus: Wheat
Weeds
Data Created: 2012-09-28
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPSO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
519XXVIIICBCPD.pdf197,89 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace