Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/935196
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 2-Out-2012
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: TABOSA, J. N.
ARAUJO, M. R. A. de
MESQUITA, F. L. T. de
SILVA, F. G. da
NASCIMENTO, M. M. A. do
BRITO, A. R. de M. B.
SIMPLICIO, J. B.
LIMA, A. R.
Informaçães Adicionais: José Nildo Tabosa, Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA); MARCELO RENATO ALVES DE ARAUJO, CNPC; Fernando Lucas Torres de Mesquita, IPA; Fernando Gomes da Silva, IPA; Marta Maria Amâncio do Nascimento, IPA; Ana Rita de Moraes Brandão Brito, IPA; Josimar Bento Simplíco, Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE); ADRIANO RODRIGUES LIMA, CNPC.
Título: Estimativas da interação genótipo x ambiente (GA) em progênies de sorgo forrageiro desenvolvidas pelo IPA - Instituto Agronômico de Pernambuco.
Edição: 2012
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 29., 2012, Águas de Lindóia. Diversidade e inovações na era dos transgênicos: resumos expandidos. Campinas: Instituto Agronômico; Sete Lagoas: Associação Brasileira de Milho e Sorgo, 2012. p. 2575-2581. 1 CD-ROM.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Efeito multiplicativo
Genotypes
Sorghum.
Conteúdo: Resumo: Em face da instabilidade climática do semiárido brasileiro, notadamente quanto à escassez e a distribuição errática das chuvas, o sorgo forrageiro que apresenta características de xerofilia detém a vantagem sobre a maioria das plantas forrageiras recomendadas para a região como suporte a pecuária, no atendimento de volumosos no período estival do ano. Foi utilizada a metodologia AMMI - ?Additive Main Effects and Multiplicative Interaction? (Análise de Efeitos Aditivos Principais e Interação Multiplicativa) que investiga a interação genótipo ambiente, e tem sido usada por vários autores e em diversas culturas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento de 30 genótipos de sorgo forrageiro testados em seis ambientes do semi-árido de Pernambuco e de Alagoas usando a técnica AMMI visando recomendação. Os genótipos foram desenvolvidos pelo IPA a partir do método sequencial de pedigree, oriundos de cruzamentos e de autofecundações sucessivas até gerações avançadas. Através da análise infere-se que os genótipos G14, G22, G27 e G5 podem ser considerados estáveis e os genótipos G16 e G7 foram os que mais contribuíram com a interação GA.
Thesagro: Sorghum bicolor
Sorgo Forrageiro
Genótipo
Progênie
NAL Thesaurus: Progeny
Ammi.
Ano de Publicação: 2012
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AACEtimativasdainteracao.pdf.pdf111,14 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace