Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/939650
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 13-Nov-2012
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: HOFFMANN-CAMPO, C. B.
Informaçães Adicionais: CLARA BEATRIZ HOFFMANN CAMPO, CNPSO.
Título: Resistência constitutiva e induzida em plantas a insetos e a metabolômica.
Edição: 2012
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 24., 2012, Curitiba. SEB-40 anos de avanços da Ciência Entomológica Brasileira: anais. [Curitiba]: SEB, 2012.
Idioma: pt_BR
Notas: Palestra.
Palavras-chave: Isoflavonóides
Metabólicos secundários
Conteúdo: As plantas desenvolveram ao longo dos séculos um sofisticado mecanismo de defesa a estresses bióticos e abióticos. Além do mecanismo de defesa intrínseco, denominado constitutivo, característico de cada genótipo, as plantas apresentam defesa induzida cuja reação inicia apenas quando são submetidas a estresses causos por agentes bióticos (insetos, fungos, nematoides), ou abióticos (temperatura, CO2, estresse hídrico, etc.). Vários metabólitos secundários sao envolvidos nas interações de plantas com esses agentes. Metabolômica é o estudo científico que visa identificar e quantificar o conjunto de metabólitos produzidos e/ou modificados nas plantas pela ação de um organismo. Assim, estudos amplos e precisos dos metabólitos produzidos na interação insetos-planta representam uma possibilidade inovadora na busca de alternativas de controle através da identificação de genes ou rotas metabólicas importantes que podem diminuir o tempo para a obtenção de genótipos resistentes a pragas, sem afetar a produtividade e outras características agronômicas, tanto através de melhoramento tradicional, como das modernas técnicas de biotecnologia. As folhas de soja apresentam constitutivamente uma variedade de isoflavonas e flavonóis glicosídicos e, alguns deles como genistina e rutina, respectivamente, interferem negativamente na biologia de lagartas desfolhadoras, como Anticarsia gemmatalis, Trichoplusia ni e Heliothis virescens. Ainda, após sofrer dano de percevejos sugadores de sementes, como Euschistus heros, Nezara viridula e Piezodorus guildini, e da mosca branca (Bemisia tabaci), a soja aumenta a concentração de isoflavonas glicosídicas (constitutivas), como genistina, daidzina e glicitina, nas formas malonil e acetil, e/ou induz a produção de agliconas e de fitoalexinas (coumestrol e gliceolinas) que, em geral, são mais toxicas aos organismos. Além dessas informações, potenciais aplicações práticas da interação inseto-planta e da metabolômica serão examinadas nesta palestra.
Thesagro: Soja
Fitoalexina
Flavonóide
Praga de planta
NAL Thesaurus: Soybeans
Plant pests
Phytoalexins
Flavonoids
Isoflavonoids
Secondary metabolites
Ano de Publicação: 2012
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ResumoXXIVCBECCampo.pdf8,23 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace