Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/940375
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 23-Nov-2012
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: SILVA, D. M.
BUENO, A. F.
FRANÇA, L. F. T. de
MANTOVANI, M. A. M.
STECCA, C. S.
MOSCARDI, F.
MARTINELLI, S.
Informaçães Adicionais: DÉBORA M. SILVA, UEL; ADENEY DE FREITAS BUENO, CNPSO; LUIZ FERNANDO T. DE FRANÇA, UNIFIL; MAICO ANDRÉ M. MANTOVANI, UNIFIL; CRISTIANE S. STECCA, UEL; FLÁVIO MOSCARDI, UEL; SAMUEL MARTINELLI, Monsanto do Brasil.
Título: Diferentes fontes alimentares na preferência de oviposição de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: noctuidae).
Edição: 2012
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 24., 2012, Curitiba. SEB-40 anos de avanços da Ciência Entomológica Brasileira: anais. [Curitiba]: SEB, 2012.
Idioma: pt_BR
Notas: 
Palavras-chave: Manejo Integrado de Pragas
Conteúdo: A agricultura brasileira tem como principais produtos a soja, o algodão, milho, trigo, arroz, feijão entre outros. Essa diversificação de culturas é um dos fatores que contribui para a dificuldade do manejo de Spodoptera frugiperda devido à ampla oferta de hospedeiros. Isso pode estar favorecendo a dispersão da praga entre os cultivos e selecionando novas preferências alimentares. O objetivo deste trabalho foi verificar a preferência de oviposição de S. frugiperda em soja, algodão, milho, trigo e aveia. Para os testes de preferencia foram utilizadas casas teladas instaladas no campo experimental da Embrapa Soja, em plantas com estádio fenológico entre V4 e V8 de acordo com cada cultura. O teste foi conduzido com chance de escolha, onde foram colocados dentro dos telados, 10 vasos de cada cultura testada contendo cinco plantas. Cada hospedeiro foi disposto de forma equidistante uns dos outros. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso com cinco repetições que foram cada telado com 10 vasos de cada espécie vegetal em seu interior. Após o inicio da oviposição (3 dias após emergência) 130 casais de S. frugiperda foram liberados no interior de cada repetição no início da escotofase. Após 72h da liberação das mariposas, as plantas eram vistoriadas verificando-se o total de posturas e sua localização. Os dados obtidos foram submetidos a análise de variância pelo programa estatístico SAS e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5%. No teste com chance de escolha foram detectadas diferenças significativas tanto no total de ovos quanto no número de posturas nas plantas de trigo, as demais culturas não apresentaram diferença quanto à preferência para oviposição. Enquanto que a média do total de ovos de S. frugiperda no trigo foi de aproximadamente 3.400 ovos, a aveia apresentou número médio inferior a 1.300 ovos. Essa diferença também se manteve quando relacionada à quantidade de posturas que variou de 24 para 7 posturas do trigo para a aveia e a soja. Os resultados demonstram que o trigo é melhor hospedeiro para S. frugiperda entre as culturas avaliadas, visto a maior preferência para oviposição e que futuramente pode trazer problemas para o manejo desta praga.
Ano de Publicação: 2012
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
6741.pdf10,89 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace