Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/943181
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Uva e Vinho - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 19-Dez-2012
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: ANTONIOLLI, L. R.
BENEDETTI, B. C.
SOUZA FILHO, M. de S. M. de
GARRUTI, D. dos S.
BORGES, M. de F.
Informaçães Adicionais: LUCIMARA ROGERIA ANTONIOLLI, CNPUV; Benedito Carlos Benedetti, UNICAMP; MEN DE SA MOREIRA DE SOUZA FILHO, CNPAT; DEBORAH DOS SANTOS GARRUTI, CNPAT; MARIA DE FATIMA BORGES, CNPAT.
Título: Shelf life of minimally processed pineapples treated with ascorbic and citric acids.
Edição: 2012
Fonte/Imprenta: Bragantia, Campinas, v. 71, n. 3, p. 447-453, jul./set. 2012.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Ananas comosus
Escurecimento enzimático
Processamento mínimo
Sabor residual
Segurança microbiológica
Conteúdo: Procurou-se determinar a vida útil de abacaxis ?Pérola? minimamente processados (MP), tratados com ácido ascórbico (AA) e ácido cítrico (AC), com base nos atributos físicos, químicos, sensoriais e microbiológicos. As fatias foram imersas em água (controle) ou em soluções combinadas de AA:AC (%) (1,0:0,5 e 1,0:1,0) com adição de hipoclorito de sódio (NaOCl 20 mg L?1), durante 30 segundos. As amostras foram acondicionadas em embalagens de polietileno tereftalato e mantidas à temperatura de 4±1 °C durante 13 dias. A baixa atividade da peroxidase nas fatias tratadas foi relacionada aos baixos valores de pH observados nessas amostras. Os tratamentos 1,0:0,5 e 1,0:1,0 (AA:AC, %) favoreceram a manutenção dos valores iniciais de a* e evitaram o escurecimento da polpa. A concentração de ácido ascórbico aumentou mais que o dobro, no 2.° dia, nas fatias tratadas. Os valores de CO2 observados no 4.° dia sugeriram a ocorrência de maior atividade respiratória nas fatias tratadas com os compostos antioxidantes. Os tratamentos antioxidantes não produziram sabor e odor residuais no abacaxi MP. Apesar de comprovada a segurança microbiológica durante os 13 dias de armazenamento, as fatias-controle podem ser mantidas por seis dias, uma vez que o escurecimento e o aspecto desidratado prejudicam a aparência do produto após esse período. Abacaxis ?Pérola? MP tratados com 1.0:0.5 (AA:AC, %) e NaOCl (20 mg L?1) podem ser armazenados por 8 dias a 4±1 ºC, o que representa o prolongamento da vida útil em dois dias. Após esse período, o odor de sobremaduro começa a se desenvolver.
Thesagro: Fruticultura
Abacaxi
Pós-colheita
Ano de Publicação: 2012
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPUV)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ANTONIOLLIBragantian32012.pdf847,34 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace