Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/944643
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Semiárido - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 10-Jan-2013
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: KIILL, L. H. P.
Informaçães Adicionais: LUCIA HELENA PIEDADE KIILL, CPATSA.
Título: Fenologia reprodutiva e dispersão das sementes de quatro espécies da Caatinga consederadas como ameaça de extinção.
Edição: 2012
Fonte/Imprenta: Informativo Abrates, Brasília, DF, v. 22, n. 3, p. 12-15, dez. 2012.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Fenologia reprodutiva
Floração
Frutificação
Zoocoria
Anemocoria
Semente
Conteúdo: Estudos fenológicos são importantes para compreender a dinâmica dos ecossistemas, uma vez que estudam a ocorrência dos eventos biológicos repetitivos e suas causas em relação às forças seletivas bióticas e abióticas. Para a Caatinga, pouco ainda se sabe sobre a fenologia reprodutiva das plantas e suas interações com o ambiente. Aqui são apresentadas informações sobre a fenologia de Myracrodruon urundeuva, Schinopsis brasiliensis (Anacardiaceae), Sideroxylon obtusifolium (Sapotaceae) e Amburana cearensis (Leguminosae), consideradas como espécies da Caatinga ameaçadas de extinção. Os estudos foram desenvolvidos na Reserva Legal do Projeto Salitre, no distrito de Juremal, em Juazeiro-BA, em populações naturais dessas quatro espécies. Os resultados obtidos mostraram que M. urundeuva, S. brasiliensis e A. cearensis apresentaram características de plantas decíduas enquanto que S. obtusifolium, por manter uma renovação de folhas ao longo das observações, foi considerada como decídua facultativa. Quanto à floração, esta foi registrada principalmente na estação seca, época em que a maioria das plantas da Caatinga não apresenta esta fenofase, indicando que essas espécies podem ser consideradas como importante fonte de pólen e néctar para a fauna local. A frutificação é do tipo anual, ocorrendo no final da estação seca e início da estação chuvosa. Quanto a morfologia do fruto e dispersão, M. urundeuva, S. brasiliensis e A. cearensis apresentaram frutos secos, dispersos pelo vento (Anemocoria), enquanto que a S. obtusifolium apresentou frutos carnosos dispersos por pássaros (Zoocoria).
Thesagro: Recurso natural
Caatinga
Aroeira
Barauna
Umburana de cheiro
Quixabeira
NAL Thesaurus: Natural resource
Ano de Publicação: 2012
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
49320.pdf2,25 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace