Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/946942
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Tabuleiros Costeiros - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 30-Jan-2013
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: SANTOS, C. C.
OLIVEIRA, F. A. de
SANTOS, M. S. dos
TALAMINI, V.
FERREIRA, J. M. S.
SANTOS, F. J. dos
Informaçães Adicionais: VIVIANE TALAMINI, CPATC; JOANA MARIA SANTOS FERREIRA, CPATC; FRANCISCO JOSE DOS SANTOS, CPATC.
Título: Influência de Trichoderma spp. sobre o crescimento micelial de Thielaviopsis paradoxa.
Edição: 2012
Fonte/Imprenta: Scientia Plena, Aracaju, v. 8, n. 4, abr. 2012.
Idioma: pt_BR
Conteúdo: O controle biológico comumente vem sendo constituído como uma alternativa ao uso de produtos químicos para o controle de pragas e doenças. Fungos do gênero Trichoderma são de grande importância econômica para a agricultura, uma vez que são capazes de atuarem como agentes de controle de doenças de várias plantas cultivadas. O fungo Thielaviopsis paradoxa, anamórfico do ascomiceto Ceratocystis paradoxa é o agente causal da doença conhecida como resinose do coqueiro. A doença tem se disseminado gradualmente aumentando o número de propriedades e de coqueiros infectados a cada ano. O objetivo do trabalho foi observar a influência inibitória do Trichoderma spp. sobre o crescimento micelial do Thielaviopsis paradoxa. Foram utilizados para o experimento 10 isolados de Trichoderma spp. provenientes de diferentes regiões do Brasil (TC101, TC102, TC103, TC104, TC105, TC106, TC107, RS201, TC109, TC110) e um isolado do fungo Thielaviopsis paradoxa (TC 003). Para verificar a ação antagônica dos isolados de Trichoderma spp. sobre T. paradoxa utilizou-se o pareamento de culturas em placas de Petri. A capacidade antagônica dos isolados de Trichoderma spp. foi avaliada aos sete e aos 14 dias após o pareamento, utilizando a escala de notas de Bell et al.(1982), que varia de 1 a 5. Os isolados TC 107, TC 105, TC 106, TC 103, TC 102, TC 110 e TC 109 foram os mais eficientes in vitro para o controle de T. paradoxa em relação ao demais testados, assim, ocasionaram melhor potencial hiperparasita com relação ao fungo fitopatogênico.
Thesagro: Controle biológico
Fungo
NAL Thesaurus: Biological Control
Ano de Publicação: 2012
ISSN: 1808 2793
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
526.pdf256,35 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace