Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/950184
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Amazônia Ocidental - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 20-Fev-2013
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: VELTILARI, M. C. D.
QUISEN, R. C.
Informaçães Adicionais: REGINA CAETANO QUISEN, CPAA.
Título: Cultivo in vitro de espécies florestais tropicais - controle de contaminação e estabelecimento de castanha-do-brasil (Bertholletia excelsa).
Edição: 2012
Fonte/Imprenta: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA OCIDENTAL, 8., 2011, Manaus. Anais... Manaus: Embrapa Amazônia Ocidental, 2012. p. 41-52. (Embrapa Amazônia Ocidental. Documentos, 99).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Cultura de tecidos vegetal
Espécies lenhosas
Conteúdo: O sucesso da introdução de explantes in vitro consiste em um dos principais gargalos para o avanço da micropropagação de espécies florestais tropicais, pois nesta etapa inicial evita-se a contaminação e, consequentemente, a perda do material vegetativo e do meio de cultura. Dentro deste contexto, este trabalho teve como objetivo desenvolver uma metodologia de desinfestação de explantes de espécies florestais de interesse econômico como subsídio para o desenvolvimento de protocolos de micropropagação e embriogênese somática. Para tal, foram desenvolvidos ensaios com segmentos foliares e nodais retirados de mudas de castanha-do-brasil (Bertholletia excelsa) que foram submetidos a vários tratamentos de assepsia com diferentes agentes desinfestantes, concentrações e tempos de exposição dos tecidos. Os explantes foram inoculados em meio MS suplementado com sais, sacarose e ágar e mantidos em ambiente escuro com temperatura de 26±2°C. Dentre os diversos aplicados nos diferentes experimentos avaliados, observou-se a tolerância dos explantes de castanheira ao tratamento com cloreto de mercúrio. Os resultados obtidos demonstraram a necessidade da ampliação de testes com combinações de princípios ativos e tempos de exposição para o sucesso do estabelecimento de explantes assépticos de castanheira-do-brasil.
Ano de Publicação: 2012
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPAA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Doc99Especies.pdf2,09 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace