Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/957339
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: GUIMARÃES, D. A.
CARDOSO, D. de L.
FERREIRA, M. A. P.
ALBUQUERQUE, N. I. de
Additional Information: Diva Anelie Guimarães, UFPA; Deise de Lima Cardoso, UFPA; Maria Auxiliadora Pantoja Ferreira, UFPA; NATALIA INAGAKI DE ALBUQUERQUE, CPATU.
Title: Puberty in male collared peccary (Pecari tajacu) determined by quantitative analysis of spermatogenic cells.
Publisher: Acta Amazonica, Manaus, v. 43, n. 1, p. 101-106, mar. 2013.
Language: en
Keywords: Cateto.
Description: Estudos biológicos são necessários para o manejo da vida silvestre em cativeiro, e o conhecimento da reprodução é um dos aspectos importantes para o aumento da produção. Esta pesquisa teve como objetivo determinar a idade da puberdade do cateto macho. Foram utilizadas amostras testiculares de 15 animais, entre 7 a 16 meses, distribuídos em cinco grupos (G1, G2, G3, G4 e G5). Os testículos aumentaram no peso, comprimento e largura consideravelmente (p < 0,05) do G1 ao G3, enquanto que, a partir deste grupo, o desenvolvimento desse órgão foi mais lento. Houve correlação positiva (p < 0,001) entre os seguintes parâmetros testiculares: peso e comprimento (r = 0,97), peso e largura (r = 0,88), comprimento e largura (r = 0,92). Com relação ao diâmetro tubular, observou-se um aumento (p < 0,05) do G1 ao G4. A quantidade total de células espermatogênicas aumentou significativamente (p < 0,05) até o G3, e se estabilizou a partir deste grupo. Houve correlação positiva entre o peso testicular e o diâmetro tubular (r = 0,99, p < 0,001), bem como o peso testicular e as células espermatogênicas (r = 0,98, p < 0,001). A quantidade de células de Sertoli reduziu significativamente (p < 0,05) do G1, onde se encontravam indiferenciadas como células de suporte, até G5, onde foram observadas juntamente com todas as células da linhagem espermática. Estes resultados demonstraram que as fases do desenvolvimento reprodutivo de catetos podem ser classificadas em: impúbere (G1, 7-8 meses), pré-púbere (G2, 9-10 meses), púbere (G3, 11-12 meses), pós-púbere 1 (G4, 13-14 meses) e pós-púbere 2 (G5, 15-16 meses). Com base na análise histológica, a puberdade dos catetos machos ocorre entre 11 e 12 meses de idade.
Thesagro: Espermatogênese
Reprodução.
NAL Thesaurus: Tayassuidae.
Data Created: 2013-05-08
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ActaInagaki.pdf1,27 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace