Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/961795
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Meio-Norte - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: PEREIRA, E. de J.
CARVALHO, L. M. J. de
VIANA, D. S.
MIRANDA, J. T.
FIGUEIREDO, R. E. P.
FREITAS, S. C. de
CARVALHO, J. L. V. de
SANTOS, J. de O.
SIMAS, E. S.
ROCHA, M. de M.
SILVA, K. J. D. e.
Additional Information: ELENILDA DE JESUS PEREIRA, UFRJ; LUCIA MARIA JAEGER DE CARVALHO, UFRJ; DANIELA SOARES VIANA, UFRJ; JOYCE TAVARES MIRANDA, UFRJ; ROBERTO EUGÊNIO PEREIRA FIGUEIREDO, UFRJ; SIDINEA CORDEIRO DE FREITAS, CTAA; JOSE LUIZ VIANA DE CARVALHO, CTAA; JULIANA DE OLIVEIRA SANTOS, CTAA; EPAMINONDAS SILVA SIMAS, CTAA; MAURISRAEL DE MOURA ROCHA, CPAMN; KAESEL JACKSON DAMASCENO E SILVA, CPAMN.
Title: Efeito do tratamento térmico sobre a bioacessibilidade de ferro e zinco em feijão-caupi.
Publisher: In: CONGRESSO NACIONAL DE FEIJÃO-CAUPI, 3., 2013, Recife. Feijão-Caupi como alternativa sustentável para os sistemas produtivos familiares e empresariais. Recife: IPA, 2013.
Language: pt_BR
Notes: CONAC 2012. Disponível em: http://www.conac2012.org/resumos/pdf/124a.pdf. Acesso em: 10 jul. 2013.
Keywords: Biodisponibilidade
Microminerais.
Description: O feijão-caupi é considerado excelente fonte de ferro e zinco. Avaliar a bioacessibilidade desses microminerais no grão é importante devido ao fato de crianças e gestantes possuírem uma ingesta deficiente. O objetivo deste trabalho foi avaliar a bioacessibilidade de ferro e zinco nos grãos cru e cozidos das cultivares BRS Xiquexique, BR 17 - Gurguéia e BRS Guariba em panela de pressão com e sem imersão prévia. A determinação da bioacessibilidade foi realizada pelo método descrito por Luten e colaboradores. O percentual (%) da bioacessibilidade do ferro nos grãos crus foi de 3,65; 2,21 e 2,65% na BRS Xiquexique, BR 17 - Gurguéia e BRS Guariba, respectivamente. Após o cozimento em panela de pressão com imersão, a bioacessibilidade do ferro mostrou variação de 13,98% (BRS Guariba) a 6,85% (BRS Xiquexique) e, sem imersão de 17,28% (BRS Guariba) a 10,98% (BR 17 - Gurguéia). A bioacessibilidade do zinco em grãos crus foi de 38,2% (BRS Xiquexique), 38,8% (BR 17 - Gurguéia) e 47,5% (BRS Guariba) enquanto que cozido em panela de pressão com imersão, o percentual variou de 45,6% (BRS Guariba) a 24,33% (BRS Xiquexique) e, sem imersão, de 45,1% (BRS Guariba) a 43,24% (BRS Xiquexique). O tratamento térmico influenciou na determinação do % de bioacessibilidade de ferro e zinco para as cultivares BRS Xiquexique e BRS Guariba. O cozimento em panela de pressão sem imersão, quanto à bioacessibilidade de ferro e de zinco, mostrou um percentual maior que o cozimento em panela de pressão com imersão para a BRS Xiquexique.
Thesagro: Vigna Unguiculata.
Data Created: 2013-07-10
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPAMN)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
124a.pdf184,11 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace