Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/965654
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 4-Set-2013
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: SANTIAGO, W. R.
VASCONCELOS, S. S.
KATO, O. R.
BISPO, C. J. C.
RANGEL-VASCONCELOS, L. G. T.
CASTELLANI, D. C.
Informaçães Adicionais: Willen Ramos SANTIAGO, UFRA; STEEL SILVA VASCONCELOS, CPATU; OSVALDO RYOHEI KATO, CPATU; Carlos José Capela BISPO, NATURA; Lívia Gabrig Turbay RANGEL-VASCONCELOS, Programa Nacional de Pós-doutorado Institucional CAPES, UFRA; Débora Cristina CASTELLANI, NATURA.
Título: Nitrogênio mineral e microbiano do solo em sistemas agroflorestais com palma de óleo na Amazônia oriental.
Edição: 2013
Fonte/Imprenta: Acta Amazonica, v. 43, n. 4, p. 395-406, 2013.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Dendezeiro
Amônio
Tipitamba.
Conteúdo: O sucesso da produção de palma de óleo (Elaeis guineensis Jacq.) em sistemas agroflorestais (SAFs) na Amazônia está condicionado ao manejo sustentável do solo, em especial dos atributos químicos e microbiológicos. Nosso objetivo foi avaliar o impacto de SAFs com palma de óleo sobre os teores de nitrogênio (N) mineral e microbiano do solo, em função da sazonalidade pluviométrica. Avaliamos diferentes formas de N do solo (N microbiano, nitrato, amônio), além da concentração de carbono (C) do solo, em SAFs com baixa e alta diversidade de espécies cultivadas, os quais foram comparados com uma floresta secundária adjacente de 13 anos de idade. Para a maioria das variáveis analisadas (N total, relação C:N, N microbiano, relação N microbiano:N total, amônio) houve diferença significativa somente entre as épocas de amostragem. A concentração média de C no solo sob o SAF com alta diversidade (15,6 mg g-1) foi maior do que na floresta (13 mg g-1). Na época chuvosa a concentração de nitrato no SAF com alta diversidade foi 5,1 mg (N) kg-1 (solo), maior do que nos demais tipos de vegetação, resultando em menor concentração média de amônio no solo sob esse SAF, cujo valor foi 9,6 mg (N) kg-1 (solo). A mineralização do N no SAF com baixa diversidade, na época seca, foi 0,1 mg (N) kg-1 (solo) dia-1, menor do que nos demais tipos de vegetação. As variáveis analisadas foram mais sensíveis à sazonalidade da precipitação pluviométrica do que à conversão de floresta secundária em SAFs com palma de óleo.
Thesagro: Elaeis Guineensis
Nitrato.
Ano de Publicação: 2013
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ActaNitrogenio.pdf465,19 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace