Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/966288
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Milho e Sorgo - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: CARVALHO, D. de O.
POZZA, E. A.
CASELA, C. R.
COSTA, R. V. da
POZZA, A. A. A.
CARVALHO, C. O.
Additional Information: DIEGO DE OLIVEIRA CARVALHO, CNPMS; RODRIGO VERAS DA COSTA, CNPMS.
Title: Adubação nitrogenada e potássica na severidade da antracnose em dois cultivares de milho.
Publisher: Revista Ceres, Viçosa, v. 60, n. 3, p. 380-387, maio/jun. 2013.
Language: pt_BR
Keywords: Nutrição mineral
Description: O equilíbrio nutricional pode contribuir para a resistência das plantas às doenças. Com o objetivo de avaliar o efeito da interação entre as adubações nitrogenada e potássica na severidade das lesões da antracnose foliar e na nutrição mineral da cultura do milho, foram instalados dois experimentos, em casa de vegetação com dois cultivares, o DAS 2B71O (moderadamente resistente à doença) e o BRS 1010 (susceptível), cinco doses de N (75,150,300,600 e 1200 mg dm') e cinco doses de K 63,125,250,500 e 1000 mg dm'). O delineamento experimental para cada cultivar foi em blocos inteiramente ao acaso, em esquema fatorial5 x 5, com 25 tratamentos e quatro repetições. Cada vaso com quatro plantas constituiu uma parcela experimental. As doses de N e K foram divididas em quatro parcelas, com intervalos de dez dias a partir da semeadura, para os dois cultivares. Aos 21 dias após a semeadura, as plantas foram inoculadas e levadas para câmara úmida, com fotoperíodo de 16 horas, no escuro durante três dias consecutivos. Avaliou-se a severidade das lesões diariamente, até 11 dias após a inoculação. Aos 43 dias após a semeadura, a parte aérea das plantas foi colhida, secada e moída para determinar os teores de N e de K. A quantidade de área foliar lesionada dependeu da interação entre os nutrientes. Em ambos os cultivares, os menores valores de severidade foram observados na menor dose de N, combinada com a maior dose de K. A severidade das lesões observada no cultivar moderadamente resistente foi 41 % menor que a observada no cultivar susceptível. A adubação nitrogenada influenciou de forma negativa o teor de K da parte aérea.
Thesagro: Colletotrichum graminicola
Doença fungica
Zea mays
Data Created: 2013-09-16
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adubacaonitrogenada.pdf7,22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace