Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/967773
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: GOMES, J. B. V.
BOGNOLA, I. A.
ALVAREZ, I. A.
OLIVEIRA NETO, M. B. de
CUNHA, T. J. F.
Additional Information: JOAO BOSCO VASCONCELLOS GOMES, CNPF; ITAMAR ANTONIO BOGNOLA, CNPF; IVAN ANDRE ALVAREZ, CNPM; MANOEL BATISTA DE OLIVEIRA NETO, CNPS; TONY JARBAS FERREIRA CUNHA, CPATSA.
Title: Avaliação da fragilidade do solo em sítios de referência para restauração de matas ciliares do rio São Francisco.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO SOLO, 34., 2013. Florianópolis. Anais... Viçosa, MG: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2013.
Language: pt_BR
Keywords: Neossolos flúvicos
Sodicidade do solo
Natural resource.
Description: A importância do rio São Francisco extrapola a questão regional, podendo-se citar, entre outras atividades, o uso do mesmo e de suas águas para geração de energia elétrica, irrigação e consumo humano e animal. Este trabalho tem por objetivo definir a fragilidade do solo de sítios das margens do rio São Francisco na região de Petrolina e Juazeiro. Esses sítios fazem parte de áreas com planos de restauração da vegetação com espécies nativas. São 15 áreas e três posições de paisagem, totalizando 45 sítios de amostragem. Para cada posição de paisagem foi aberto uma micro-trincheira onde os solos foram observados em sua morfologia, classificados e amostrados. Foram realizadas análises granulométricas e químicas. A fragilidade das terras locais foi definida a partir dos dados colecionados pela definição de fatores de limitação relativos à degradação do horizonte superficial, problemas com a textura dos solos, deficiência de oxigênio e presença de salinidade e sodicidade. A maior parte das posições de paisagem corresponde às planícies aluvionares. O relevo plano predomina na maior parte das paisagens analisadas. Existe uma predominância das classes de fragilidade das terras alta e muito alta, o que realça a importância das atividades programadas de regeneração da vegetação com espécies nativas. As limitações mais decisivas na definição da classe de fragilidade das terras muito alta são, nessa ordem, a presença de salinidade/sodicidade e os problemas de textura do solo, mostrando a importância dos mesmos nos estudos das áreas que margeiam os leitos de rios da região.
Thesagro: Recurso natural
Solo
Degradação Ambiental
Mata Ciliar
Salinidade.
NAL Thesaurus: Soil.
Data Created: 2013-10-03
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tony2.pdf106,08 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace