Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/968512
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 15-Out-2013
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: FOLONI, J. S. S.
CORTE, A. J.
CORTE, J. R. do N.
ECHER, F. R.
TIRITAN, C. S.
Informaçães Adicionais: JOSÉ SALVADOR SIMONETI FOLONI, CNPSO; ADEMIR JOSÉ CORTE, UNOESTE; JOSÉ RODRIGO DO NASCIMENTO CORTE, UNOESTE; FÁBIO RAFAEL ECHER, UNESP; CARLOS SÉRGIO TIRITAN, UNOESTE.
Título: Adubação de cobertura na batata-doce com doses combinadas de nitrogênio e potássio.
Edição: 2013
Fonte/Imprenta: Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 34, p. 117-126, 2013.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Batata-doce
Conteúdo: Resumo: A adubação balanceada de N e K frequentemente aumenta o desempenho das lavouras, contudo, a falta de um desses nutrientes em solos deficientes pode levar a decréscimos na resposta ao outro. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade de batata-doce comercializável, a quantidade de raízes tuberosas para descarte e a diagnose foliar de lavoura de batata-doce adubada com N e K. O experimento foi realizado em lavoura comercial, em Presidente Prudente-SP, de fevereiro a junho de 2007, em um Argissolo Vermelho distroférrico de textura média. O delineamento experimental foi em blocos completos casualizados, com quatro repetições, no esquema fatorial 4 x 4, com 0, 30, 60 e 120 kg há de N (uréia), em interação com 0, 30, 60 e 120 kg há de KO (KCl), aplicados em cobertura aos 39 dias após o plantio. A cultura da batata-doce é responsiva à adubação nitrogenada e potássica de cobertura, porém, os maiores incrementos de produtividade são alcançados com as doses de N e K combinadas. A adubação de cobertura com N e K não acarreta em aumento da quantidade de raízes tuberosas impróprias para a comercialização. O maior incremento de produtividade da batata-doce é alcançado com a adubação de cobertura combinada com 100 kg de N ha mais 120 kg de K. Abstract: Balanced fertilizations with N and K often increase the performance of crops, however, when there is absence of one of these nutrients in poor soils, can reduce crop response to fertilization with the other. The objective of this work was to evaluate the productivity of sweet-potato, the amount of sweetpotato without quality, and leaf nutrients analysis, of sweet-potato crop fertilized with N and K. The trial was conducted in farming for commercial production, in Presidente Prudente, São Paulo State, during February-June 2007, in a dystrophic Ultisol of medium texture. The experimental design was a randomized complete block design, with four replications, on factorial 4 x 4: levels of 0, 30, 60 and 120 kg N ha (urea source) combined with levels of 0, 30, 60 and 120 kg KO ha (KCl source), applied to 39 days after planting of the crop. The sweet-potato is responsive to topdressing application with nitrogen and potassium, however, the greatest increases in productivity occur when doses of N and K are combined. Fertilization with N and K not increase the amount of sweet-potato without quality marketing. The highest increase in productivity of sweet-potato is reached with topdressing combined with 100 kg N ha plus 120 kg KO ha.
Ano de Publicação: 2013
ISSN: 1676-546X
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Adubacaodecoberturanabatatadocecomdosescombinadasdenitrogenioepotassio.pdf913,59 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace