Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/973878
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SOUZA, F. de F.
PINTO, J. M.
LIMA, L. A.
CARVALHO, C. H. S. de
PEREIRA, A. A.
OLIVEIRA, A. C. B. de
Additional Information: FLAVIO DE FRANCA SOUZA, CPATSA; JOSE MARIA PINTO, CPATSA; LUIZ ANTONIO LIMA, Universidade Federal de Lavras; CARLOS HENRINQUE S. DE CARVALHO, EPAMIG; ANTONIO A. PEREIRA; ANTONIO CARLOS BAIAO DE OLIVEIRA, SAPC.
Title: Avaliação do desenvolvimento inicial de progênies de café arábica no Semiárido brasileiro.
Publisher: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 8., 2013, Salvador. Sustentabilidade e inclusão Social. Brasília, DF: Embrapa Café, 2013.
Language: pt_BR
Keywords: Melhoramento genético
Mudanças Climáticas
Coffee.
Description: O presente trabalho objetivou avaliar o desenvolvimento vegetativo inicial de progênies de café arábica, nas condições de cultivo irrigado no Semiárido brasileiro. O ensaio foi instalado em julho de 2012, na Estação Experimental da Embrapa Semiárido, no município de Petrolina, Pernambuco. Foram avaliadas 53 progênies em delineamento inteiramente casualizado, com número de repetições variável e parcelas de cinco plantas, estabelecidas no espaçamento de 3,0 m x 1,0 m. Aos 12 meses após o plantio, avaliaram-se: altura de planta, diâmetro da copa e diâmetro da base do caule. Utilizaram-se o método da Máxima Verossimilhança Restrita (REML) para estimação dos componentes de variância e o método da Melhor Predição Linear Não Viesada (BLUP), para estimação dos valores genéticos, em cada variável. A altura de planta variou de 48,1 cm a 92,0 cm, sendo as progênies ?Azulão? e H419-3-3-7- 16-5-1, a mais baixa e a mais alta, respectivamente. Maior valor genético foi observado na progênie ?Catuaí TAD?. O diâmetro de copa variou de 43,5 cm, para a progênie ?Azulão? e 130,6 cm para a progênie ?H-518-3-6-642-1?, sendo que esta apresentou também o maior valor genético diâmetro de copa. O diâmetro do caule variou de 8,50 mm em ?Azulão? a 22,5 mm em H419-3-3-7-16-4-1. Maior valor genético foi verificado na progênie ?Catuaí TAD? Na primeira avaliação do desenvolvimento vegetativo, as progênies de café arábica apresentaram desempenho compatível com aquele observado nas regiões tradicionais de cultivo de café no Brasil. Mereceu destaque a progênie ?Catuaí TAD? por apresentar maior valor genético para os caracteres relacionados com desenvolvimento inicial, o que pode ser indicativo de uma melhor adaptação às condições edafoclimáticas locais.
Thesagro: Café
Coffea Arábica
Progênie.
Data Created: 2013-12-16
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Flavio2013.pdf50,83 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace