Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/990861
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 17-Jul-2014
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: MOREIRA, J. P.
SHIMIZU, J. Y.
SOUSA, V. A. de
MORAES, M. L. T.
MOURA, N. F.
AGUIAR, A. V. de
Informaçães Adicionais: Juliana Prado Moreira, Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho", Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, Ilha Solteira, SP, Brasil.; Jarbas Yukio Shimizu, Consultor externo; VALDERES APARECIDA DE SOUSA, CNPF; Mario Luis Teixeira Moraes, Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho", Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, Ilha Solteira, SP, Brasil.; Nara Fernandes Moura, Universidade Federal de Goiás; ANANDA VIRGINIA DE AGUIAR, CNPF.
Título: Ganho esperado na seleção de progênies de Pinus elliottii var. elliottii em idade precoce para produção de madeira.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: Pesquisa Florestal Brasileira, Colombo, v. 34, n. 78, p. 99-109, abr./jun. 2014.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: REML/BLUP
Correlações
Diversidade genética
Ganho de seleção
Melhoramento genético
Genetic diversity.
Conteúdo: Pinus elliotti var. elliottii é a segunda espécie mais utilizada em reflorestamentos nas regiões subtropicais do Brasil, devida a sua boa performance na produção de madeira e resina. Assim, o objetivo do presente trabalho foi estimar os parâmetros genéticos e predizer os ganhos genéticos possíveis mediante seleções em idade precoce em progênies de P. elliottii para a produção de madeira. O experimento foi estabelecido no delineamento em blocos completos casualizados, com 76 tratamentos (75 progênies de um pomar de sementes clonal e um controle de plantio comercial), no espaçamento de 3 m x 3 m. A altura total foi avaliada no primeiro, segundo e terceiro anos após o plantio e o diâmetro a 1,30 m do solo (DAP) somente no terceiro ano após o plantio. O volume individual de madeira e o incremento médio anual foram calculados com base nesses caracteres. As análises de deviance e as estimativas dos parâmetros genéticos foram realizadas com o programa Selegen-REML/BLUP. Variação genética significativa foi detectada entre progênies. As herdabilidades individuais no sentido restrito foram de 0,25 e 0,42 em DAP e altura, respectivamente. Conclui-se que a variação genética é suficientemente alta para possibilitar ganhos genéticos mediante seleção dos indivíduos e progênies mais produtivos, visando à composição de pomares de sementes e plantios comerciais, tendo sido observado genótipos mais produtivos do que o plantio comercial.
NAL Thesaurus: genetic improvement
heritability
repeatability.
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ganho.pdf498,84 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace