Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/995437
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2014
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: OLIVEIRA, G. M.
RODRIGUES, J. M.
RIBEIRO, R. C.
BARBOSA, L. G.
SILVA, J. E. S. B.
DANTAS, B. F.
Additional Information: G. M. OLIVEIRA, Universidade Estadual da Bahia; J. M. RODRIGUES; R. C. RIBEIRO; L. G. BARBOSA; J. E. S. B. SILVA; BARBARA FRANCA DANTAS, CPATSA.
Title: Germinação de sementes de espécies arbóreas nativas da Caatinga em diferentes temperaturas.
Publisher: Scientia Plena, v. 10, n. 4, p. 1-6, 2014.
Language: pt_BR
Keywords: Espécies árborea nativa
Aroeira-do-sertão
Quixabeira
Umburana-de-cheiro
Amburana cearensis
Sideroxylon obtusifolium
Planta nativa.
Description: Espécies arbóreas nativas da caatinga do nordeste do Brasil são de grande relevância econômica devido à sua multiplicidade de usos, como para a produção de mel, forragem, madeira, energia, ornamentação e produtos fitoterápicos, resultando em problemas graves para as espécies mais procuradas Objetivando obter informações sobre o comportamento fisiológico de sementes de espécies arbóreas nativas da caatinga em diferentes temperaturas, este trabalho foi desenvolvido na Embrapa Semiárido, Petrolina, Pernambuco, Brasil. Sementes de Sideroxylon obtusifolium (Roem & Schult.), Myracrodruon urundeuva (Fr. All.), Amburana cearensis (All.) e Schinopsis brasiliensis (Engel.) germinaram em rolos de papel a 20, 25, 30 e 35°C em um delineamento inteiramente casualizado com cinco repetições de 10 sementes de S. obtusifolium, S. brasiliensis e A. cearensis e cinco repetições de 50 sementes de M. urundeuva. A germinação foi avaliada a cada dois dias, obtendo-se a curva de germinação, germinação final (%) e índice de velocidade de germinação (IVG). Sementes de S. obtusifolium e de M. urundeuva apresentaram maiores porcentagem e velocidade de germinação a 20°C. Sementes de S. brasiliensis apresentaram maior porcentagem de germinação, por volta de 50%, a 25 e 30°C, e maior velocidade de germinação a 30°C. Entre as sementes de A. cearensis a maior germinação (96%) foi observada a 30°C, no entanto, a velocidade de germinação foi maior a 35°C. Estes resultados indicam que cada espécie tem sua temperatura ótima específica para o processo germinativo.
Thesagro: Caatinga
Floresta
Semente
Baraúna
Germinação
Myracrodruon Urundeuva
Schinopsis Brasiliensis.
NAL Thesaurus: Forestry.
Data Created: 2014-09-18
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Barbara32014.pdf226,17 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace