Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1080870
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pecuária Sudeste - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2017
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: GUIMARAES, G. G. F.
PEREIRA, E. I.
NOGUEIRA, A. R. de A.
CRUZ, C. C. T. da
FOSCHINI, M. M.
BERNARDI, A. C. de C.
OLIVEIRA, C. R. de
Additional Information: Gelton Geraldo Fernandes Guimarães, Bolsista/Embrapa Instrumentação; Elaine Inácio Pereira, Bolsista/Embrapa Pecuária Sudeste; ANA RITA DE ARAUJO NOGUEIRA, CPPSE; Camila Conceição Tomé da Cruz, UFSCar; MILENE CORSO MITSUYUKI, CNPDIA; ALBERTO CARLOS DE CAMPOS BERNARDI, CPPSE; CAUE RIBEIRO DE OLIVEIRA, CNPDIA.
Title: Liberação controlada de ureia proveniente de nanocompósitos reduz a volatilização de amônia e aumenta a eficiência do uso de nitrogênio pela planta.
Publisher: In: WORKSHOP DE NANOTECNOLOGIA APLICADA AO AGRONEGÓCIO, 9., 2017, São Carlos, SP. Anais... São Carlos, SP: Embrapa Instrumentação, 2017. cap. 7.
Pages: p. 471-474.
Language: pt_BR
Keywords: Fertilizante N
Volatilização de NH3
Absorção de N
Description: A rápida hidrólise da ureia aplicada à superfície do solo provoca altas taxas de volatilização de NH3, levando a impactos ambientais adversos e à diminuição da absorção de N pelas culturas. Uma abordagem que pode ser usada para melhorar a eficiência do uso de ureia envolve estratégias para controlar sua liberação. Assim, propomos uma nova classe de fertilizantes nanocompósitos, baseados na esfoliação de argila em matrizes de ureia, com ou sem polimerização usando formaldeído para controlar a liberação de ureia. Um estudo comparativo foi realizado utilizando vários fertilizantes de liberação lenta, determinando as quantidades de amônia volatilizada, produção de matéria seca e eficiência da absorção de ureia-N por Azevém, em um ensaio realizado em casa de vegetação. Pode-se concluir que a liberação controlada de ureia dos nanocompósitos diminuiu a volatilização do NH3, resultando em uma disponibilidade de N mais constante no solo e uma melhor sincronização com as demandas nutricionais das plantas. Os novos fertilizantes oferecem uma opção prática para aumentar a eficiência do N-ureia, reduzindo os impactos ambientais causados pela perda de NH3 e melhorando a qualidade da forragem cultivada.
Data Created: 2017-11-28
ISSN: 2175-8395
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPPSE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
resumo01.pdf374,13 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace