Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1083776
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorFARIAS, F. J. C.
dc.contributor.authorSANTOS, G. P.
dc.contributor.authorRAMOS, J. P. C.
dc.contributor.authorSILVA FILHO, J. L. da
dc.contributor.authorMORELLO, C. de L.
dc.contributor.authorPEDROSA, M. B.
dc.contributor.authorSUASSUNA, N. D.
dc.contributor.authorCARVALHO, L. P. de
dc.contributor.authorCAVALCANTI, J. J. V.
dc.contributor.authorFARIAS, F. C.
dc.contributor.otherFRANCISCO JOSE CORREIA FARIAS, CNPA; Geovana Priscilla Santos, UEPB - PPGCA - Universidade Estadual da Paraíba; Jean Pierre Cordeiro Ramos, UFPB - PPGA - Universidade Federal da Paraíba; JOAO LUIS DA SILVA FILHO, CNPA; CAMILO DE LELIS MORELLO, CNPA; Murilo Barros Pedrosa, FBA - Fundação Bahia; NELSON DIAS SUASSUNA, CNPA; LUIZ PAULO DE CARVALHO, CNPA; JOSE JAIME VASCONCELOS CAVALCANTI, CNPA; Filipe Cavalcanti Farias, UFG-PGMP - Universidade Federal de Goiás.
dc.date.accessioned2017-12-27T23:22:37Z-
dc.date.available2017-12-27T23:22:37Z-
dc.date.created2017-12-27
dc.date.issued2017
dc.identifier.other28481
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1083776-
dc.descriptionA etapa principal de qualquer programa de melhoramento é a fase de avaliação de cultivares, com vistas à identificação e recomendação de materiais superiores. Considerando que os ensaios nacionais de algodoeiro herbáceo são conduzidos anualmente em diferentes condições edafoclimáticas e de manejo da Região Centro- Oeste, a cultivar a ser recomendada deve apresentar a maior estabilidade possível diante da diversidade ambiental. Com esse propósito, o melhorista deve comparar algumas metodologias disponíveis de avaliação de estabilidade, para tornar a recomendação a mais eficiente possível. A metodologia proposta por Lin & Binns é uma excelente alternativa na validação da adaptabilidade e estabilidade, pois não apresenta limitações verificadas quando do uso da regressão e possibilita a identificação de uma ou mais cultivares com desempenho próximo do máximo nos vários ambientes testados. A metodologia de Lin & Binns estima o índice de estabilidade Pi, que é o desvio da cultivar i em relação ao material de desempenho máximo em cada ambiente; logo, quanto menor o valor de Pi, mais adaptado será o material. O objetivo deste trabalho foi estimar os parâmetros de adaptabilidade e estabilidade para produtividade de algodão em fibra (PRODF, kg/ha) através da metodologia de Lin & Binns, utilizando dados do Ensaio Nacional de Cultivares Médio Precoce conduzido na safra 2013/14 em 10 ambientes
dc.description.uribitstream/item/169974/1/Parametros-de-adaptabilidade-estabilidade.pdfpt_BR
dc.languagept_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherIn: CONGRESSO BRASILEIRO DO ALGODÃO, 11., 2017, Maceió. Resumos... Inovação e rentabilidade na cotonicultura: resumos... Brasília, DF: Associação Brasileira dos Produtores de Algodão - Abrapa, 2017.
dc.relation.ispartofEmbrapa Algodão - Resumo em anais de congresso (ALICE)
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectEstabilidade fenotípica
dc.subjectPhenotypic stability
dc.subjectProductivity
dc.subjectGossypium hirsutm.pt_BR
dc.titleParâmetros de adaptabilidade estabilidade para produtividade de algodoeiro herbáceo nas condições do Cerrado.
dc.typeResumo em anais de congresso (ALICE)
dc.date.updated2018-01-19T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroAlgodão
dc.subject.thesagroProdutividade.
dc.subject.nalthesaurusCotton.
dc.ainfo.id1083776
dc.ainfo.lastupdate2018-01-19 -02:00:00
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Parametrosdeadaptabilidadeestabilidade.pdf114,34 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace