Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1091731
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Caprinos e Ovinos - Tese/dissertação (ALICE)
Data do documento: 21-Mai-2018
Tipo do Material: Tese/dissertação (ALICE)
Autoria: FREITAS, E. P. de
Informaçães Adicionais: Edilson Pereira de Freitas.
Título: Identificação de caprinos resistentes a Haemonchus contortus.
Fonte/Imprenta: 2017.
Páginas: 54 f.
Idioma: pt_BR
Notas: Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual Vale do Acaraú, Sobral. Orientador: Jomar Patrício Monteiro (CNPC).
Palavras-chave: Nematódeo gastrintestinal
Conteúdo: Resumo: Este trabalho teve por objetivo identificar caprinos resistentes à verminose infectados experimentalmente com Haemonchus contortus. Inicialmente os animais foram infectados a cada 15 dias com 1.000 larvas L3 e no terço final do experimento aumentou-se o número de larvas para 3.000 para aumentar a intensidade da infecção e permitir a identificação dos animais resistentes à hemoncose. Durante todo o experimento os animais foram mantidos em baias para minimizar a variação ambiental, receberam concentrado à base de milho e soja, feno, água, sal mineral ad libitum e tiveram acesso a uma área de pastagem nativa. O abate para recuperação posterior contagem dos parasitos adultos presentes no abomaso dos animais submetidos à necropsia mostrou que há animais com diferentes níveis de infecção e pôde-se observar animais que apresentaram baixo número de Haemonchus contortus, podendo ser identificados como resistentes por apresentarem uma resposta imunológica que limitou o estabelecimento do parasita. Sendo assim, foi possível identificar caprinos resistentes à hemoncose por meio da recuperação e contagem de parasitos adultos de Haemonchus contortus presentes no abomaso. [Identification of goats resistent to Haemonchus contortus]. Abstract: The purpose of this work was to identify the verminosa resistant goats experimentally infected with Haemonchus contortus. Initially, the animals were infected every 1000 days with 1000 larvae L3 and in the third of the experiment the number of larvae was increased to 3,000 to increase the intensity of the infection and to allow the identification of the animals resistant to hemoncosis. Throughout the experiment the animals kept in stalls to minimize environmental variation received corn and soybean concentrate, hay, water, mineral salt and pounds and access to a native pasture area. The slaughter for recovery later count of the adult parasites present non-abomasum of the animals submitted to the necropsy shown in the animals with different levels of infection and it was possible to observe animals that presented low number of Haemonchus contortus, being able to be identified as resistant because they present an immunological response that Limited the establishment of the parasite. Thus, it was found to identify goats that are resistant to hemoncosis by means of the recovery and counting of adult parasites of Haemonchus contortus not abomasum present.
Thesagro: Caprino
Helminto Gastrintestinal
Resistência Química
Verminose
Nematóide
Hemoncose
Parasitose
Parasito
Anti-Helmíntico
NAL Thesaurus: Goats
Anthelmintics
Drug resistance
Animal parasitic nematodes
Nematoda
Helminths
Helminthiasis
Gastrointestinal nematodes
Ano de Publicação: 2017
Aparece nas coleções:Tese/dissertação (CNPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
cnpc2017UPA18.pdf1,01 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace