Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1101535
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agroindústria Tropical - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2017
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: LIMA, J. S.
Additional Information: JOILSON SILVA LIMA, Universidade Federal do Ceará - UFC.
Title: Epidemiologia quantitativa do oídio do cajueiro no clone brs 189.
Publisher: 2017
Pages: 83 p.
Language: pt_BR
Notes: Tese (Doutorado) em Agronomia/Fitotecnia - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza. Orientador: José Emilson Cardoso.
Keywords: Pseudoidium anacardii
Severidade
Description: O cajueiro (Anacardium occidentale) é uma das principais frutíferas cultivadas e adaptadas às regiões tropicais de clima semiárido do mundo. No entanto, apesar de sua rusticidade, é acometido por um grande número de doenças, principalmente causadas por fungos. Dentre essas, o oídio, causada por Pseudoidium anacardii, é atualmente a principal enfermidade dessa cultura, afetando folhas, inflorescências e frutos da planta. Devido à importância dessa doença, à carência na literatura de trabalhos detalhados que associem o efeito de P. anacardii à produtividade de A. occidentale e, ainda, à ausência de métodos padronizados para a quantificação da severidade da doença nesse patossistema, objetivou-se com o presente estudo determinar a relação entre a intensidade do oídio e a produção do clone de cajueiro anão BRS 189, elaborar e validar uma escala diagramática descritiva para a avaliação da severidade do oídio nesta planta. Para avaliar o efeito do oídio na produção do clone BRS 189, um experimento foi realizado em Pacajus, Ceará, com oito tratamentos (T1 - 0 g, T2 ? 0,5 g, T3 - 1 g, T4 ? 2 g, T5 ? 3 g, T6 ? 4 g, T7 - 5 g e T8 ? 7 g de enxofre/L de água). Avaliou-se a severidade e a incidência do oídio nas plantas e esses dados foram relacionados com produção e características biométricas de frutos e de pseudofrutos. Uma escala diagramática descritiva com os níveis 0 (Nota 0), 5 (Nota 1), 17,5 (Nota 2), 37,5 (Nota 3), 62,5 (Nota 4) e 87,5% de área superficial lesionada (Nota 5) foi proposta, elaborada e testada para a acurácia, precisão e reprodutibilidade das estimativas de severidade do ataque do fungo em castanhas de cajueiro. A escala foi validada por vinte pessoas (dez com experiência e dez sem experiência) que utilizaram cinquenta castanhas com diferentes níveis de severidade. Os resultados mostraram que o oídio não afeta a produtividade de castanhas no clone BRS 189, mas ocasiona a redução da massa e tamanho das amêndoas, comprometendo também a massa, o tamanho e a qualidade de pedúnculos, inviabilizando a produção de caju de mesa quando o controle não é eficiente. Além disso, a escala diagramática descritiva proposta, mostrou ser de fácil utilização, e melhorou a acurácia, a precisão e a reprodutibilidade das estimativas, apresentando-se como uma excelente ferramenta em estudos epidemiológicos da doença, levantamento de campo, estudos de resistência e controle do oídio.
Thesagro: Anacardium Occidentale
NAL Thesaurus: Accuracy
Data Created: 2018-12-14
Appears in Collections:Tese/dissertação (CNPAT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TeseJoilson2017.pdf1,16 MBAdobe PDFView/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace