Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1111237
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Florestas - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2018
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: BACH, F.
HELM, C. V.
PEDRO, A. C.
STAFUSSA, A. P.
MACIEL, G. M.
HAMINIUK, C. W. I.
Additional Information: F. BACH, UFPR; CRISTIANE VIEIRA HELM, CNPF; A. C. PEDRO, UFPR; A. P. STAFUSSA, UFPR; G. M. MACIEL, UTFPR; C. W. I. HAMINIUK, UTFPR.
Title: Atividade antioxidante e antimicrobiana do extrato de Lentinula edodes.
Publisher: In: CONGRESSO SUL BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS, 4.; ENCONTRO PARANAENSE DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS, 7., 2018, Guarapuava. Anais... Guarapuava: Unicentro, 2018.
Pages: 8 p.
Language: pt_BR
Keywords: Shiitake
Ácido gálico
DPPH
ABTS
FRAP
CLUE
Description: O L. edodes, comumente conhecido como Shiitake, é um cogumelo comestível que além de apresentar importante valor nutricional, vem sendo estudado devido a sua composição promissora de compostos biologicamente ativos. Os objetivos desse estudo foram (i) determinar os compostos fenólicos totais, flavonoides totais, atividade antioxidante e antimicrobiana do extrato fenólico de L. edodes e, (ii) identificar e quantificar os compostos presentes no extrato fenólico por CLUE. A atividade antioxidante in vitro foi determinada pelos métodos DPPH, ABTS e FRAP. Os compostos fenólicos foram isolados e quantificados em cromatógrafo de ultra eficiência (CLUE). A atividade antimicrobiana foi investigada frente a quatro cepas de bactérias patogênicas por meio do método de microdiluição. Os níveis de compostos fenólicos totais e flavonoides totais foram de 4,91 mg GAE/g e 1,13 CE/g. Foi possível identificar e quantificar 6 compostos fenólicos, além do ácido fumárico, presentes no extrato fenólico obtido. A maior atividade antioxidante foi verificada pelo método ABTS (28,85 μmol TE/g). O extrato fenólico inibiu todas as bactérias patogênicas estudadas (MIC ≤ 100 mg/mL) e apresentou maior efetividade sobre o S. aureus. A presença de compostos biologicamente ativos, extraídos por um solvente não tóxico, sugere que o extrato de L. edodes pode ser aplicado na indústria alimentícia e/ou farmacêutica como um agente antioxidante e antimicrobiano natural.
Thesagro: Lentinula Edodes
Bactéria
Cogumelo Comestível
Data Created: 2019-08-09
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018CrisHelmCSBEAAtividade.pdf155,13 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace