Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1111922
Research center of Embrapa/Collection: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2019
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: MARCIAL, E. C.
TORRES, L. A.
Additional Information: Elaine Coutinho Marcial, Faculdade Presbiteriana Mackenzie/Núcleo de Estudos Prospectivos; LIVIA ABREU TORRES, SIRE.
Title: Cenários e estilos de formulação de estratégias em organizações públicas brasileiras.
Publisher: Cadernos de Ciência & Tecnologia, v. 36, n. 3, e26410, set./dez. 2019.
Language: pt_BR
Notes: Título em inglês: Scenarios and styles of strategy formulation in Brazilian public organizations.
Keywords: Planejamento por cenário
Planejamento de longo prazo
Prospectiva
Scenario planning
Long term planning
Foresight
Description: O século XXI apresenta-se como o século da mudança ou da incerteza, e a metodologia de planejamento por cenários ganha cada vez mais adeptos. Entretanto, autores argumentam que falta uma estrutura teórica forte para o método de planejamento por cenários, além de haver pouco levantamento dessa temática na área pública. Nesse contexto, o objetivo desta pesquisa é desenvolver um instrumento de pesquisa que possibilite identificar se há uma abordagem estratégica dominante, segundo o modelo de abordagens estratégicas de Idenburg, em instituições da administração pública federal brasileira que constroem cenários. A pesquisa utilizou-se de aplicação de roteiro estruturado a distância em nove instituições pertencentes à administração pública federal brasileira e de entrevista aberta presencial com três dessas instituições, utilizando-se amostragem intencional. Os resultados sugerem que a abordagem racional é a dominante entre as instituições pesquisadas. Entretanto, há também características pertencentes às demais abordagens estratégicas, sugerindo um comportamento estratégico híbrido. O instrumento utilizado mostrou-se adequado, e as entrevistas validaram as respostas dos entrevistados, esclarecendo o porquê da existência de modelos estratégicos híbridos. Sendo assim, sugere-se incluir variáveis de pesquisa abertas no instrumento, para que seja possível aos participantes justificarem as suas respostas, enriquecendo os resultados da pesquisa.
Data Created: 2019-09-05
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cenarioseestilosdeformulacaodeestrategias.pdf413.98 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace