Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1111935
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Gado de Leite - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2019
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: FERNANDES, M. V. M
QUINTAO, C. C. R.
P. M. M.
SARAIVA, N. Z.
CAMARGO, L. S. de A.
Additional Information: Mariana Venturini Martins Fernandes, Unipac; CAROLINA CAPOBIANGO ROMANO QUINTAO, CNPGL; Michele Munk Pereira, UFJF; NAIARA ZOCCAL SARAIVA, CNPGL; LUIZ SERGIO DE ALMEIDA CAMARGO, CNPGL.
Title: Avaliação da complexação da proteína CAS9 e RNA-Guia com diferentes tipos de nanotubos de carbono visando à edição gênica em células e embriões de mamíferos.
Publisher: In: WORKSHOP DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA GADO DE LEITE, 24., 2019, Juiz de Fora. Anais... Juiz de Fora: Embrapa Gado de Leite, 2019.
Pages: 4 p.
Language: pt_BR
Notes: Editor Técnico: Leônidas Paixão Passos, Embrapa Gado de Leite.
Keywords: Complexação
Edição
Nanotubos
Description: Resumo: Dentre as diversas aplicações dos nanomateriais, ressalta-se a utilização de nanotubos de carbono (NTC) como carreadores não virais de ácidos nucléicos e proteínas para o interior de células e embriões de mamíferos. Os métodos atualmente disponíveis para transfecção possuem limitações, o que estimula o desenvolvimento de métodos alternativos de carreamento de biomoléculas. O objetivo desse estudo foi avaliar a eficiência da complexação de dois tipos de NTCs, um carboxilado (MWNT-COOHs) e outro aminado (NTC- O-A), à proteína CAS9 e RNA-guia (sgRNA), para aplicações em edição gênica. Metodologia: Ambos os tipos de NTCs foram sintetizados por deposição química catalítica por vapor e caracterizados por microscopia eletrônica de transmissão (MET). Após a síntese, os NTCs foram dispersos com auxílio de agitação ultrassônica (1 minuto), em meio Optimen e preparados de acordo com os seguintes grupos: G1: 0,2 mcg/mcl MWNTC-COOH+CAS9+sgRNA; G2: 0,4 mcg/mcl MWNTC-COOH+CAS9+sgRNA; G3: 0,2 mcg/mcl NTC-O-A+CAS9+sgRNA; G4: 0,4 mcg/mcl NTC-O-A+ CAS9+sgRNA; G5: CAS9+ sgRNA; G6: 0,4 mcg/mcl MWNTC-COOH; G7: 0,4 mcg/mcl NTC-O-A. A fim de se verificar a ocorrência de complexação do NTC com a proteína CAS9 e o sgRNA, foi avaliado o potencial zeta (PZ) de todos os tratamentos, através do equipamento Zetasizer Nano ZN (Malvern, Reino Unido). Resultados: As imagens obtidas pelo MET demonstraram morfologia típica dos nanotubos de carbono. Comparando os valores de PZ nos diferentes grupos, observou-se que o PZ de G6 (-15 mV) foi maior que o PZ de G1 (-4,83 mV) e G2 (-11,38 mV) após complexação, bem como o valor de G7 (13,9 mV) foi maior que o PZ de G3 (8,98) e G4 (8,92), sugerindo que pode ter ocorrido interação dos aminoácidos da proteína CAS9 com os grupamentos funcionais do MWNT-COOH e do NTC-O-A. Conclusão: Os resultados preliminares indicam uma possibilidade de interação entre os nanotubos de carbono avaliados com a proteína CAS9 e o sgRNA, sugerindo que esse nanomaterial possui potencial para aplicações na modificação genética de células e embriões.
Data Created: 2019-09-05
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPGL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
17Avaliacaodacomplexacaodaproteina.pdf194,07 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace