Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1120543
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pecuária Sul - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2019
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: DEWES, I. S. L.
MAZZOCATO, A. C.
MARQUES, J. B. B.
Additional Information: I. S. L. DEWES, URCAMP; ANA CRISTINA MAZZOCATO, CPPSUL; JOAO BATISTA BELTRAO MARQUES, CPPSUL.
Title: Manejo de campo nativo e levantamento de espécies em área experimental.
Publisher: In: REUNIÓN DEL GRUPO TÉCNICO REGIONAL DEL CONO SUR EN MEJORAMIENTO Y UTILIZACIÓN DE LOS RECURSOS FORRAJEROS DEL ÁREA TROPICAL Y SUBTROPICAL - GRUPO CAMPOS, 25., 2019, Santa Maria. Pastagens naturais e serviços ecossistêmicos: como construir estratégias de preservação da multifuncionalidade dos ecossistemas pastoris do Cone Sul: anais. [Santa Maria: Fapergs, 2019].
Pages: p. 165-166.
Language: pt_BR
Keywords: Bioma Pampa
Campo nativo
Description: O campo nativo apresenta uma grande diversidade biológica, onde a maioria das espécies encontradas, além de constituir o patrimônio genético do Bioma Pampa, possui bom potencial forrageiro. O objetivo do presente trabalho foi realizar levantamentos de plantas com potencial forrageiro e as indesejáveis ocorrentes na área de estudo, bem como acompanhar a regeneração das espécies do banco de sementes local. O trabalho foi executado na Embrapa Pecuária Sul, Bagé-RS, no potreiro 13 A1, local onde desde a primavera de 2015 realiza-se o acompanhamento da ocorrência de espécies, as quais foram divididas em duas categorias: forrageiras e indesejáveis. Nos períodos setembro de 2015, abril e agosto de 2016 foi realizada a integração lavoura-pecuária (ILP), e o levantamento de espécies em três diferentes estações (primavera-após colheita da soja, em 2015; outono e inverno de 2016). Em 2015 o levantamento apontou que havia predominância de azevém, entretanto, no outono e inverno de 2016 foram identificadas 35 espécies. Na segunda etapa, em 2019, houve predominância significativa na observação de capim-annoni. Por outro lado, ocorreram em menor frequência 25 espécies: seis forrageiras e 19 indesejáveis. Dentre estas, as famílias de maior frequência foram Poaceae, Asteraceae e Fabaceae. Conclui-se que as espécies com bom potencial forrageiro foram regeneradas na área, sendo grande parte delas oriundas do banco de sementes do solo, além de outras plantas semeadas para o melhoramento do campo. Deve-se considerar a necessidade de um melhor acompanhamento da área, quantificando e aprofundando o estudo das espécies.
Thesagro: Manejo
Campo
Data Created: 2020-02-21
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPPSUL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaisXXVReunia771oGrupoCampos6.pdf325,97 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace