Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1134307
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCAMPOS, J. V. de
dc.contributor.authorASSIS, O. B. G. de
dc.contributor.authorBERNARDES FILHO, R.
dc.date.accessioned2021-09-14T02:15:47Z-
dc.date.available2021-09-14T02:15:47Z-
dc.date.created2021-09-13
dc.date.issued2021
dc.identifier.citationBrazilian Journal of Animal and Environmental Research, v. 4, n. 3, 2021.
dc.identifier.issn2595-573X
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1134307-
dc.descriptionExtratos de própolis verde foram obtidos em proporções variadas de água/etanol (em 100/0, 70/30, 50/50, 30/70 e 0/100 % v/v). As concentrações de fenólicos e flavonoides totais foram determinadas por método colorimétrico (Folin-Ciocalteau) e os compostos identificados por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE). Registrou-se pouca variação nos teores de fenólicos nos extratos com uma maior concentração retida na proporção 50/50 % v/v, indicando um equilíbrio no teor de fenólicos polares e apolares na própolis bruta. O teor de flavonóides mostrou-se fortemente dependente da proporção de etanol no extrato, ou seja, quanto maior o volume de etanol maior foi a concentração de flavonoides extraídos. Os ensaios antimicrobianos conduzidos sobre as bactérias S. aureus e E. coli como padrões Gram-positivo e Gram-negativo respectivamente, apontou uma variação de sensibilidade a própolis entre os microrganismos, com maior inibição observada para a S. aureus. O extrato totalmente alcoólico (0/100 % v/v) foi selecionado para testes sobre bactérias imobilizadas em superfície sólida, simulando pontos de amostragem e venda de hortifrutícolas, indicando eficiência da sanitização desse extrato via aspersão.pt_BR
dc.language.isopor
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectPrópolis verde
dc.subjectExtratos aquosos
dc.subjectAtividade antimicrobiana
dc.titleProcessamento e análise de extratos de própolis verde como potencial sanitizante de uso hortifrutícola.
dc.typeArtigo de periódico
dc.format.extent22991-3002
riaa.ainfo.id1134307
riaa.ainfo.lastupdate2021-09-13
dc.identifier.doi10.34188/bjaerv4n3-018
dc.contributor.institutionODILIO BENEDITO GARRIDO DE ASSIS, CNPDIA; RUBENS BERNARDES FILHO, CNPDIA.
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPDIA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
P-Processamento-e-analise-de-extratos-de-propolis-verde-como-potencial.pdf435,77 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace