Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/159084
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBARBOSA, K. L. do N.
dc.contributor.authorMENEZES, M. E. L.
dc.contributor.authorMOTA, E. F.
dc.contributor.authorGAVA, C. A. T.
dc.contributor.otherKatia Lisana do Nascimento Barbosa; Michelly Elen Leal Menezes; Ernando Ferreira Mota; CARLOS ALBERTO TUAO GAVA, CPATSA.
dc.date.accessioned2018-05-24T00:38:00Z-
dc.date.available2018-05-24T00:38:00Z-
dc.date.created2007-07-09
dc.date.issued2006
dc.identifier.other35675
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/159084-
dc.descriptionEste trabalho foi desenvolvido no laboratório de controle biológico da Embrapa Semi-Árido com o objetivo de verificar os efeitos da umidade do substrato na produção de conídios por Trichoderma spp. Foram utilizados os isolados da coleção: T. harzianum (LCB 47), T. viride (LCB 48), T. koningii (LCB 49), T. polysporum (LCB 50), mantidos na coleção do laboratório de controle biológico em tubos contendo meio de cultura, óleo mineral e suspensões de conídios de glicerol 20% congeladas a -80o C. Suspensões de conídios, a partir de placas de petri, foram utilizadas para a produção pré inoculo, distribuindo-se 1mL em frascos com teores de umidade de 10, 15, 20, 25, 30 e 40% e incubados em câmaras de germinação até esporulação. Após a esporulação, foram feitos dois experimentos para avaliar o efeito do teor de umidade e aeração sobre a produção de conídios. No experimento 1, frações de 10 g do pré-inoculo foram transferidas para sacos de propileno contendo arroz com diversos teores de umidade, autoclavado a 120o C por 15 min, com teor de umidade de 10, 15, 20, 25, 30, 40%, em seguida transferidos para câmara de crescimento ate 25o C até a máxima esporulação. No experimento 2, foram utilizados sacos de polipropileno com ou sem aeração obtidos através de microperfurações para serem avaliados com teores de umidade de 15, 20, 30 e 40% e mantidos por 10 dias em câmara de crescimento a 28o C no escuro. Os experimentos 1 e 2 foram montados com 5 repetições por tratamento em um delineamento inteiramente casualizado. Foi possível verificar que os isolados apresentaram maior produção de conídios com teor de umidade ao redor de 30% (p/p), exceto para o isolado LPP 49.
dc.description.uribitstream/item/177487/1/154-158.pdfpt_BR
dc.languagept_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherIn: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMI-ÁRIDO, 1., 2006, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semi-Árido, 2006.
dc.relation.ispartofEmbrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
dc.relation.ispartofseries(Embrapa Semi-Árido. Documentos, 197).
dc.subjectSubstrato
dc.subjectTrichoderma spp
dc.titleEfeito da umidade do substrato na produção de conídios de Trichoderma spp.
dc.typeArtigo em anais de congresso (ALICE)
dc.date.updated2018-05-24T00:38:00Zpt_BR
dc.subject.thesagroControle biológico
dc.subject.thesagroFungo
dc.subject.thesagroSolo
dc.subject.thesagroDoença
dc.subject.thesagroConídio
dc.subject.thesagroProdução
dc.subject.thesagroUmidade
dc.subject.nalthesaurusPlant diseases and disorders
dc.format.extent2p. 153-158.
dc.ainfo.id159084
dc.ainfo.lastupdate2018-05-23
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
154158.pdf124,32 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace