Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/883756
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agroenergia - Tese/dissertação (ALICE)
Issue Date: 2007
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: RODRIGUES, C. M.
Additional Information: CLENILSON MARTINS RODRIGUES, CNPAE.
Title: Caracterização quali e quantitativa de metabólitos secundários em extratos vegetais.
Publisher: 2007.
Pages: 197 f.
Language: pt_BR
Notes: Tese (Doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Química, Araraquara, SP.
Keywords: Produtos naturais
Plantas medicinais
Estudo químico
Técnicas hifenadas
Description: Este trabalho trata da caracterização química de espécies de plantas brasileiras usadas no tratamento de disfunções gástricas. Nossa proposta envolve a investigação de extratos orgânicos polares e infusões por técnicas analíticas. Extração em fase sólida (SPE) e/ou extração líquido-líquido (LLE) foram utilizadas na etapa de clean-up para que açúcares livres e oligômeros de proantocianidinas fossem separados da matriz vegetal bruta. As amostras pré-tratadas foram então analisadas por cromatografia líquida de alta eficiência (HLPC) acoplada com detector de arranjo de fotodiodos (PAD) ou por espectrometria de massas em tandem acoplado a um ion trap com interface de ionização por electrospray, usando o modo de inserção direta da amostra (FIA-ESI-IT-MS). Esta estratégia permitiu conhecer os metabólitos secundários de plantas pertencentes às famílias Dilleniaceae (Davilla elliptica e D. nitida: flavonóides, catequinas, isoprenóides e ácidos fenólicos), Apocynaceae (Hancornia speciosa: catequinas, ácidos fenólicos, procianidinas e oligômeros de procianidinas C-glucosiladas) e Malpighiaceae (Byrsonima basiloba, B. coccolobifolia, B. crassa, B. fagifolia e B. intermedia: flavonóides, biflavonóides, ácidos fenólicos, oligômeros de proantocianidinas e ácidos galoilquínicos). A determinação quantitativa dos principais metabólitos secundários também foi realizada, permitindo então a completa caracterização da composição química dos extratos de plantas. Assim, nossa proposta levou a uma caracterização química rápida e eficiente de espécies de plantas brasileiras usadas na medicina popular como antiúlcera. Estes resultados são úteis para um melhor entendimento das atividades farmacológicas das espécies de plantas acima mencionadas.
Year: 2011-03-29
Appears in Collections:Tese/dissertação (CNPAE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESEClenilsonMRodrigues1.pdf2,31 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace