Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/903379
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2011
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: MELO, P. S.
BERGAMASCHI, K. B.
TIVERON, A. P.
MASSARIOLI, A. P.
OLDONI, T. L. C.
ZANUS, M. C.
PEREIRA, G. E.
ALENCAR, S. M. de
Additional Information: PRISCILLA SIQUEIRA MELO, ESALQ/USP; KEITYANE BOONE BERGAMASCHI, ESALQ/USP; ANA PAULA TIVERON, ESALQ/USP; ADNA PRADO MASSARIOLI, ESALQ/USP; TATIANE LUIZA CALDORIN OLDONI, ESALQ/USP; MAURO CELSO ZANUS, CNPUV; GIULIANO ELIAS PEREIRA, CNPUV / CPATSA; SEVERINO MATIAS DE ALENCAR, ESALQ/USP.
Title: Composição fenólica e atividade antioxidante de resíduos agroindustriais.
Publisher: Ciência Rural, Santa Maria, v. 41, n. 6, p. 1088-1093, jun. 2011.
Language: pt_BR
Keywords: Resíduo agroindustrial
Bagaço de uva
Bagaço de goiaba
Engenharia de alimentos.
Description: Atualmente, são produzidas milhões de toneladas de resíduos provenientes do processamento agroindustrial. Muitos deles são ricos em compostos bioativos sendo potenciais fontes naturais dessas substâncias. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar o teor de compostos fenólicos totais, a atividade antioxidante e a composição fenólica de três resíduos gerados por agroindústrias brasileiras: bagaço de uva Isabel (BI) (Vitis labrusca), bagaço de uva Verdejo (BV) (Vitis vinifera) e bagaço de goiaba (BG) (Psidium guajava). Os resultados do teor de compostos fenólicos totais (mg GAE g-1) encontrados nos extratos etanólicos e aquosos dos resíduos foram, respectivamente: BV (20,94±0,46; 8,03±0,43)> BI (16,57±0,19; 4,41±0,01)> BG (3,41±0,09; 1,88±0,06). Alta atividade antioxidante, principalmente em BV e BI, foi verificada nos ensaios realizados (ABTS , DPPH e autooxidação do sistema beta-caroteno/ácido linoléico). Uma forte correlação positiva entre atividade antioxidante e o teor de compostos fenólicos totais foi encontrada. Os compostos fenólicos encontrados, por cromatografia gasosa com espectrometria de massas (CG-EM), foram: ácido gálico, epicatequina, quercetina (BV, BI e BG); ácido isovanílico (BI, BG); ácido p-cumárico (BI); ácido caféico e resveratrol (BV, BI). Esses resultados mostram que os resíduos agroindustriais analisados, particularmente os vinícolas, são ricos em substâncias bioativas e podem ser explorados pela indústria de alimentos e farmacêutica.
Thesagro: Antioxidante
Composto Fenólico
Oxidação.
Data Created: 2011-10-18
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Giuliano2011.pdf155,24 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace