Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/910368
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2011
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: MIRANDA, S. B.
KATO, O. R.
SABLAYROLLES, M. das G. P.
Additional Information: SILVIANE BATISTA MIRANDA, MESTRANDA UFPA; OSVALDO RYOHEI KATO, CPATU; Maria Das Graças Pires Sablayrolles, UFPA.
Title: Quintais agroflorestais e segurança alimentar de agricultores familiares no Baixo Irituia, Nordeste paraense.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS, 8., 2011, Belém, PA. Anais... Belém, PA: SBSAF: Embrapa Amazônia Oriental: UFRA: CEPLAC: EMATER: ICRAF, 2011.
Language: pt_BR
Notes: Editores técnicos: Roberto Porro, Milton Kanashiro, Maria do Socorro Gonçalves Ferreira, Leila Sobral Sampaio e Gladys Ferreira de Sousa.
Keywords: Agroecossistema
Quintal agroflorestal.
Description: Os quintais agroflorestais são compostos de uma variedade de espécies vegetais e de pequenos animais, disponibilizando produtos que contribuem para uma dieta diversificada e saudável. O objetivo da pesquisa foi avaliar a contribuição dos quintais agroflorestais para a segurança alimentar em unidades agrícolas familiares no Baixo Irituia, Nordeste Paraense. Através das técnicas de entrevista estruturada e semi-estruturada, turnê guiada, observação direta e recall 24 horas foram realizados um levantamento das espécies (vegetais e animais) nos 18 quintais agroflorestais e a verificação dos alimentos consumidos pelos 30 agricultores familiares, tanto daqueles produzidos nos quintais agroflorestais ou não, quanto daqueles de origem industrializadas. Das 130 espécies, 70 foram plantas alimentícias (das quais 44 frutíferas, 21 hortaliças e 5 de lavoura branca); 31 medicinais; 17 madeireiras; 7 ornamentais e 5 animais alimentícios. Das 70 alimentícias, 94% foram consumidas, especialmente as frutíferas (59%), seguidas das hortaliças (30%) e das de lavoura branca (11%). Os agricultores com quintais agroflorestais tiveram acesso a uma melhor condição nutricional ao consumirem maior quantidade e variedade de alimentos oriundos dos quintais, especialmente as frutas. Produtos industrializados como mortadela, suco artificial e galinha de granja foram consumidos em porcentagens maiores pelos agricultores nos espaços sem quintais agroflorestais. Através da aplicação do teste Student, mostrou-se diferença estatisticamente significativa nas médias da quantidade de alimentos consumidos dos quintais e os industrializados pelos dois grupos de agricultores familiares. Os quintais agroflorestais foram importantes para introduzir variações na dieta alimentar, pois contribuíram na diversificação e complementação alimentar.
Thesagro: Alimentação.
Data Created: 2011-12-20
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AIV271.pdf198,46 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace