Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1007161
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 29-Jan-2015
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: HERMES, F.
GIACOMIN, L.
OLIVEIRA JUNIOR, R. C. de
OLIVEIRA, D. R. de
GALLO, J.
TANABE, C. S.
MARTINS, I. C. T.
SILVA, A. D. da
Informaçães Adicionais: Felipe Hermes; Lucas Giacomin; RAIMUNDO COSME DE OLIVEIRA JUNIOR, CPATU; Daniel Rocha de Oliveira, ULBRA SANTARÉM; Juliano Gallo, ULBRA SANTARÉM; Celso Shiguetoshi Tanabe, ULBRA SANATRÉM; Isabel Cristina Tavares Martins, ULBRA SANATRÉM; Alessandra Damasceno da Silva, ULBRA SANTARÉM.
Título: Comparação de densidades de plantio em cultivo de soja no oeste do Pará.
Edição: 2013
Fonte/Imprenta: Espaço Científico, Santarém, v. 14, n. 1, p. 15-24, 2013.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Densidade
Pará.
Conteúdo: A soja (Glycine Max) é considerada uma das culturas mundiais mais importantes, utilizada tanto para a alimentação humana como animal. Por isso, esta pesquisa objetivou avaliar a produção de soja em diferentes densidades e variedades. O experimento foi conduzido em condições de campo numa área com sistema de plantio direto, pertencente à fazenda Mato Grosso, localizada na estrada do Lama, km 4, PA 445, próximo a Mojui dos Campos. Foram delimitadas 40 parcelas com 4 repetições, sendo cada parcela composta por 11 linhas de 20 m de comprimento e espaçamento de 0,5m entre linhas. Foram utilizadas no experimento oito variedades de soja, sendo elas: P98C81, DM309, FT4188, AN94104, BRS Tracajá, BRS Sambaíba, BRS Raimunda e BRS 326, com cinco densidades (10; 12; 14; 16 e 18 plantas por metro linear). Para avaliar a produção por densidade variedade, procederam-se coletas emuma área amostral de 1,5x5m, dentro das linhas centrais. Os dados de produtividade foram extrapolados e expressos em kg ha-1 e a umidade corrigida para 13%. Após a tabulação, os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste Tukey a 5% de probabilidade, utilizando-se o programa ASSISTAT Versão 7.6 beta. Dentro das 8 variedades estudadas e as cinco densidades testadas, pode-se afirmar que a variedade P98C81, com densidade de 12 plantas por metro linear, correspondeu com a maior produção (3.539,5kg ha-1), demonstrando melhor adaptabilidade para a região
Thesagro: Produção
Variedade.
Soja
Ano de Publicação: 2013
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
v14n1p15.pdf380,66 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace