Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1028500
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Mandioca e Fruticultura - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 13-Nov-2015
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: OLIVEIRA, A. M. G.
PEREIRA, M. E. C.
NATALE, W.
NUNES, W. S.
LEDO, C. A. da S.
Informaçães Adicionais: ARLENE MARIA GOMES OLIVEIRA, CNPMF; MARCIO EDUARDO CANTO PEREIRA, CNPMF; WILLIAM NATALE, Université Laval; WILSON SOUZA NUNES, UFRB; CARLOS ALBERTO DA SILVA LEDO, CNPMF.
Título: Qualidade do Abacaxizeiro 'BRS Imperial' em função de doses de N-K.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal - SP, v. 37, n. 2, p. 497- 506, jun. 2015.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Acidez titulável
Ananas comosus var.
Conteúdo: Qualidade do fruto do abacaxizeiro é influenciada pelos macronutrientes, principalmente N e K. Este trabalho avaliou a influência de doses de N e K2O sobre as características de qualidade físico-químicas e sobre os defeitos externos e internos dos frutos de abacaxizeiro 'BRS Imperial'. Aplicaram-se quatro doses de N (0; 160; 320; 550 kg ha-1) e quatro de K2O (0; 240;480 e 600 kg ha-1), em delineamento experimental em blocos ao acaso, com cinco repetições, em um fatorial completo 42. As doses de N e K2O influenciaram todas as variáveis físico-químicas estudadas, exceto a firmeza dos frutos, que apresentaram média de 10,7 kgf. As doses de N reduziram a acidez titulável (AT) e os sólidos solúveis (SS) e aumentaram o pH e o ratio dos frutos, apresentando, na dose de 550 kg ha-1 de N, os valores médios de 0,31%, 17,9 oBrix, 4,02 e 57,7, respectivamente. As doses de K2O aumentaram AT e os SS, e reduziram o ratio dos frutos, apresentando, na dose de 600 kg ha-1 de K2O, os valores médios de 0,41%, 19,4 oBrix e 47,9, respectivamente. O pH respondeu de forma quadrática, com o valor mínimo de 3,95 na dose de 273 kg ha-1 de K2O. As correlações significativas de Pearson indicaram que plantas com maiores teores foliares de N na época da indução floral produziram frutos com menor AT e SS, enquanto aquelas com maiores teores foliares de K apresentaram maior AT e SS nos frutos. Com aplicação de 550 kg ha-1 de N, os frutos apresentaram translucidez entre 50 e 75% sem adubação potássica e de menos de 25% de translucidez na dose de 400 kg ha-1 de K2O.
Thesagro: Abacaxi
Pós-colheita
Adubação
NAL Thesaurus: Pineapples
Postharvest systems.
Ano de Publicação: 2015
ISSN: 0100-2945
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPMF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
QUALIDADEDOABACAXIZEIRO.pdf775,6 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace