Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1039886
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Café - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2015
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: MOREIRA, S. de S.
SOBREIRA, F. M.
LIMA, T. L. B. de
OLIVEIRA, A. C. B. de
PEREIRA, A. A.
MALTA, M. R.
Additional Information: SUZANA DE SÁ MOREIRA, BOLSISTA Consórcio Pesquisa Café; FABRÍCIO MOREIRA SOBREIRA, INCAPER; TÚLIO LUIS BORGES DE LIMA, INCAPER; ANTONIO CARLOS BAIAO DE OLIVEIRA, SAPC; ANTONIO ALVES PEREIRA, EPAMIG; MARCELO RIBEIRO MALTA, EPAMIG.
Title: Correlação entre características químicas e sensoriais do Café rábica.
Publisher: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 9., 2015, Curitiba. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2015.
Language: pt_BR
Keywords: Qualidade da bebida
Cup quality
Café Arábica.
Description: A análise sensorial atesta a qualidade do café, discriminando suas propriedades sensoriais, assim como a intensidade em que elas são percebidas por quem a realiza. Ainda existe a necessidade de provadores especializados, que dependendo do treinamento, ou da frequência que provam determinados tipos de café ou também da região geográfica em que atuam, podem desenvolver habilidades sensoriais distintas. Estas situações acarretam distorções, fazendo com que frequentemente haja discordância entre amostras analisadas por diferentes provadores. A classificação da bebida, por prova de xícara, poderia ser complementada com a adoção de métodos químicos, que facilitariam a avaliação, tornando-a menos subjetiva. Nesse contexto, o objetivo do presente trabalho foi analisar a correlação simples entre características químicas dos grãos de café cru e sensoriais da bebida. Foram avaliados 51 genótipos de Coffea arabica, em fase adulta de produção. A análise sensorial da bebida foi realizada utilizando a metodologia do Cup off Excellence aprimorada. Em sua maioria, as estimativas dos coeficientes de correlação entre as características químicas dos grãos de café foram baixas, indicando baixa associação entre os caracteres . Entretanto a correlação entre açúcares totais e açúcares não redutores teve o valor muito alto (0,99**) e a correlação entre condutividade elétrica e lixiviação de potássio apresentou valor moderado (0,66**). Todas as características sensoriais da bebida tiveram correlações positivas significativas, embora algumas apresentar em baixos valores. A maior correlação entre as características sensoriais foi observada entre sabor e total (0,92**). A correlação entre características químicas dos grãos do café e sensoriais da bebida apresentou valor baixo a nulo. Os resultados sugerem que para cafés de alta qualidade são poucas as correlações significativas entre características sensoriais e químicas avaliadas nos grãos crus. Por conseguinte, outras características químicas, possivelmente após a torra dos grãos, devem ser consideradas em novos estudos visando correlacionar análises físico-química e análises sensoriais.
Thesagro: Composição química
Coffea Arábica.
NAL Thesaurus: Sensory evaluation
Chemical composition.
Data Created: 2016-03-07
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (SAPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Correlacaoentrecaracteristicasquimicas.pdf281.33 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace