Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1041289
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Café - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 17-Mar-2016
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: VOLPATO, M. M. L.
ALVES, H. M. R.
VIEIRA, T. G. C.
BOELL, V. G.
SOUZA, J. C. de
BOELL, M. G.
SOARES, W. L.
Informaçães Adicionais: MARGARETE MARIN LORDELO VOLPATO, EPAMIG/URESM; HELENA MARIA RAMOS ALVES, SAPC; TATIANA GROSSI CHQUILOFF VIEIRA, Bolsista Consórcio Pesquisa Café; VICTOR G. BOELL, UFLA; JÚLIO CESAR DE SOUZA, EPAMIG/URESM; MILLER G. BOELL, Bosista Consórcio Pesquisa Café; WILLIAN L. SOARES, UFLA.
Título: Mineração de dados espectrais para modelagem de ocorrência da broca do café.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 9., 2015, Curitiba. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2015
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Agrometeorologia
Conteúdo: O monitoramento fitossanitário possibilita prever o aparecimento ou aumento da ocorrência da Broca do Café (Hypothenemus hampei). Tradicionalmente esse monitoramento é baseado em observação de períodos críticos ocorridos. Entretanto uma das maiores dificuldades para se utilizar esse tipo de monitoramento é a aquisição de dados climáticos. Uma alternativa para superar este problema é utilizar dados e produtos de imagens de satélites, em função da cobertura espacial e temporal, e de sua relação com as variações do clima e da vegetação de uma região. Uma das dificuldades para realização desse estudo é o grande número de dados gerados, por isso optou-se pela metodologia de mineração de dados, etapa principal do processo de Descoberta de Conhecimento em Bancos de Dados (Knowledge Discovery in Databases - KDD). O presente estudo objetivou aplicar técnicas de mineração de dados para encontrar modelos de dados climáticos e espectrais associados à ocorrência H. hampei em frutos de café. As coletas de dados de campo foram realizadas na fazenda experimental da EPAMIG, em e São Sebastião de Paraíso, MG, e os dados espectrais foram adquiridos pelo sensor MODIS do satélite Terra. Os modelos gerados mostraram que a temperatura média foi o atributo de maior separabilidade na totalidade dos dados climático estudados com taxa de acerto de 67% e 73%.
Thesagro: Sensoriamento remoto
Meteorologia
Café
NAL Thesaurus: Remote sensing
Hypothenemus hampei
Agrometeorology
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (SAPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Mineracaodedadosespectrais.pdf61,64 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace