Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1094077
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Uva e Vinho - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2018
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: NUNES, C. F. P.
OLIVEIRA, I. R. de
STORCH, T. T.
ROMBALDI, C. V.
CHAVES, F. C.
GIRARDI, C. L.
Additional Information: Camila Francine Paes Nunes, Laboratório de Cromatografia e Espectrometria de Massas , Pós - Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Depart amento de Ciência e Tecnologia Agroindustrial, Faculdade de Agronomia ‘Eliseu Maciel’, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, R
Isadora Rubin de Oliveira
CESAR LUIS GIRARDI, CNPUV.
Fábio Clasen Chaves
Cesar Valmor Rombaldi
Tatiane Timm Storch
Title: Atuação dos genes MDFLA2, MDUDP e MDCOBRA na manutenção da parede celular de maçãs durante o armazenamento refrigerado regular e controlado.
Publisher: In: SIMPÓSIO DE ALIMENTOS, 10., 2018, Passo Fundo. Anais....PAsso Fundo, RS: UPF, 10 e 11 meio 2018.
Language: pt_BR
Keywords: Maxigala
1-metilciclopropeno
Expressão transcricional
Firmeza de polpa
Description: A maçã é um fruto suscetível a alterações nos atributos sensoriais durante após-colheita. Para evitar modificações na firmeza os frutos são armazenados sob refrigeração em atmosfera regular (AR) ou controlada(AC) combinadas a aplicação de 1-metilciclopropeno (1-MCP). As alterações nos frutos durante a maturação são coordenadas por genes que codificam para enzimas relacionadas a degradação e expansão da parede celular. No entanto, ainda não está esclarecido quais enzimas são as responsáveis pela manutenção da firmeza em maçãs durante o armazenamento. O objetivo do estudo foi verificar se o MdFLA2, MdUDP e MdCOBRA participam da manutenção da firmeza em maçãs tratadas com 1-MCP e armazenadas em AR e AC. Após o armazenamento os frutos foram colocados a 25 °C por sete dias, para simular condições da prateleira. Foram realizadas análises de firmeza e quantificação relativa do acúmulo de transcritos. Frutos tratados ou não com 1-MCP, que não foram armazenados sob refrigeração, não apresentaram redução da firmeza, assim como os armazenados em AC por 180 dias. No armazenamento AR apenas frutos tratados com 1-MCP não apresentaram perda de firmeza. Os genes MdFLA2, MdUDP e MdCOBRA tiveram maior acúmulo transcricional quando os frutos receberam o tratamento com 1-MCP, este resultado só não foi observado para AR 180 dias, onde os frutos controle que apresentaram maior acúmulo transcricional. O MdFLA2, MdUDP e MdCOBRA possivelmente desempenham um papel importante na manutenção da firmeza em maçãs na presença do 1-MCP antes do período de armazenamento refrigerado e após o armazenamento de seis meses em AC. Palavras-chave: Malus x domestica, Maxigala, 1-metilciclopropeno, expressão transcricional, firmeza de polpa.
Thesagro: Malus Domestica
Polpa
Data Created: 2018-08-10
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPUV)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAMILANUNESsial2018.pdf268,08 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace