Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/109797
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 12-Abr-2004
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: LEITE, R. R. de A.
CASTRO, A. M. G. de
ESPÍRITO SANTO, E. do
Informaçães Adicionais: SPD.
Título: Demandas dos consumidores de abacaxi do Centro-oeste.
Edição: 2003
Fonte/Imprenta: Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v.20, n. 3, p.495-520, set./dez. 2003.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: competitividade
Estado de Goiás
competitiviness
productive chain
Goiás State.
Conteúdo: O objetivo do presente estudo foi identificar os atributos de qualidade do abacaxi in natura exigidos pelos consumidores dos mercados de Brasília e Goiânia, bem como a demanda por produtos industrializados, com vista a subsidiar a formulação de políticas de desenvolvimento e a construção de estratégias para a gestão da cadeia produtiva. Faz parte da dissertação de mestrado do primeiro autor, que tinha como objetivo geral apresentar propostas para melhorar a competitividade da principal atividade do negócio agrícola da região de Jaraguá, GO, que é a abacaxicultura. A análise realizada levantou as preferências dos consumidores relacionadas à qualidade e à quantidade do abacaxi in natura e de produtos industrializados do abacaxi. Foi utilizada a metodologia de Survey, sendo entrevistados segmentos de consumidores nos mercados de Brasília e Goiânia. Observou-se um comportamento semelhante entre os consumidores de Brasília e Goiânia, em relação à preferência por certos atributos de qualidade analisados. Nos dois mercados, os consumidores apontaram, em ordem decrescente de relevância, os seguintes atributos: ausência de podridões, sabor, firmeza, maturação adequada, suculência, aroma e cor. Os resultados indicam que os produtos industrializados de maior consumo no mercado de Brasília são: refresco, suco em garrafas e sorvete. No mercado de Goiânia, os produtos mais consumidos entre os derivados do abacaxi são: refresco, sorvete e néctar em tetra pak. Conforme se constata, nos dois mercados, os derivados mais consumidos são o refresco e o sorvete, que representam boas oportunidades de agregação de valor para que a cadeia produtiva de Jaraguá seja mais competitiva nesses mercados. A ausência do elo agroindustrial na cadeia produtiva do abacaxi de Jaraguá representa uma limitação à sua competitividade, pois sua sobrevivência no mercado depende do sucesso de um único produto, o abacaxi in natura, o que gera maiores riscos aos empreendedores.
Thesagro: Cadeia Produtiva.
Ano de Publicação: 2003
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
v20n304.pdf68,77 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace