Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1123455
Title: Carbono orgânico e nutrientes em solos antrópicos e adjacentes sob floresta secundária na Amazônia Central.
Authors: OBLITAS MENDONZA, E. M.
Affiliation: Erick Manuel Oblitas Mendoza, Coorientador: Wenceslau Geraldes Teixeira, CPAA.
Date Issued: 2009
Citation: 2009.
Pages: 70 f.
Description: Na Amazônia; a maioria dos solos é muito intemperizado e apresenta baixa fertilidade química natural. Porém; também ocorrem solos com horizonte A antrópico; de coloração escura; popularmente denominados "Terra Preta de Índio" (TPI); que geralmente apresentam alta fertilidade; com elevados teores de P; Ca; Mg; Mn; Zn e de matéria orgânica estável; elevado pH (5;5 ? 6;5); alta capacidade de troca catiônica; baixa acidez potencial (H + Al) e alta saturação por bases; quando comparados aos solos adjacentes. As Terras Pretas de Índio da Amazônia têm níveis elevados de carbono; com concentrações de até 150 g C kg-1 de solo; em comparação aos solos circunvizinhos com 20?30 g C kg-1 de solo. A capacidade das Terras Pretas de Índio de estocar e reter carbono estável é alta; sendo então importante para a mitigação do efeito estufa e precisa ser mais bem avaliada e entendida. Com o objetivo estimar o carbono orgânico; o teor de nutrientes e a dinâmica do carbono orgânico dissolvido (COD) em perfis de solos antrópicos e solos adjacentes sob floresta secundária na Amazônia Central; o presente estudo procurou identificar os solos que retêm mais carbono orgânico e nutrientes. O delineamento experimental foi o de blocos inteiramente ao acaso com três repetições em cada bloco e avaliações em três locais: Encontro das Águas (EA); Rio Preto (RP) e Autaz Mirim (ATM); e dois tratamentos: Terra Preta de Índio (TPI) e Latossolo Amarelo (LA); num total de nove parcelas de 20 m x 80 m. Em cada parcela foram instalados três sistemas de extração de solução do solo; cada um dos sistemas constou de três extratores a diferentes profundidades até 1 m. Além disso; foram feitas também coletas de amostras de solo até 1 m para realizar análises químicas e físicas. O mais altos valores mobilizados de COD foram encontrados nos solos adjacentes (624; 297 e 662 mg L-1 para ATM; EA e RP; respectivamente); sendo intermediários para as Terras Mulatas (511; 371 e 634 mg L-1 para ATM; EA e RP; respectivamente) e mais baixos para Terra Preta (464; 189 e 465 mg L-1 para ATM; EA e RP; respectivamente). Uma vez conhecendo as relações entre propriedades químicas e físicas dos solos e sua relação com o COD poderemos melhorar o entendimento dos processos de lixiviação nos solos com horizonte A antrópico e dos solos sem estes horizontes.
Keywords: Carbono orgânico
Amazônia Central
Solos antrópicos
Terra preta de índio
Notes: Dissertação (Mestrado em Agricultura no Trópico Úmido) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus. Orientador: Flavio Jesus Luizão; coorientador: Wenceslau Geraldes Teixeira.
Type of Material: Teses
Access: openAccess
Appears in Collections:Tese/dissertação (CPAA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Disertacao-Erick-Manuel-Oblitas-Mendoza.pdf1,98 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace