Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/208790
Title: Análises do DNA de isolados de Colletotrichum lindemuthianum e Phaeoisariopsis griseola visando identificação de patótipos.
Authors: ALZATE-MARIN, A. L.
NIETSCHE, S.
COSTA, M. R.
SOUZA, K. A. de
SARTORATO, A.
BARROS, E. G. de
MOREIRA, M. A.
Affiliation: ANA L. ALZATE-MARIN, UFV; SILVIA NIETSCHE, UFV; MARCIA R. COSTA, UFV; KRYSTYANO A. DE SOUZA, UFV; ALOISIO SARTORATO, CNPAF; EVERALDO G. DE BARROS, UFV; MAURILIO A. MOREIRA, UFV.
Date Issued: 2001
Citation: Summa Phytopathologica, v. 27, n. 2, p.197-203, abr./jun. 2001.
Description: A antracnose e a mancha-angular do feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.) causadas por Colletotrichum lindemuthianum e Phaeoisariopsis griseola, respectivamente, estão entre as doenças fúngicas de maior importância no Brasil. Trabalhos anteriores nos quais amostras de DNA de isolados dos patótipos 64, 65, 73 e 89 de C. lindemuthianum procedentes de diversas regiões brasileiras, foram extraídas e amplificadas pela técnica de RAPD, demonstraram que os primers OPAR09, OPAT18, OPAT09 e OPAO07 amplificavam bandas de DNA patótipo-específicas. Os objetivos deste trabalho foram: (i) confirmar a presença de bandas patótipo-específicas em 41 isolados de 20 patótipos de C. lindemuthianum, (ii) amplificar amostras de DNA de isolados dos patótipos 63.23, 63.31, 63.39 e 63.55 de P. griseola com os primers OPA07, OPG05 e OPA11, para determinar sua possível especificidade com os patótipos 63.23 (OPA07e e OPA11) e 63.55 (OPG05), e, (iii) realizar estudos de variabilidade genética de isolados de patótipos de C. lindemuthianum e P. griseola. Os resultados não demonstraram a existência de bandas RAPD específicas nem para os patótipos de C. lindemuthianum e nem para os de P. griseola. É provável que nos trabalhos preliminares o número de isolados testados de cada patótipo tenha sido demasiadamente pequeno. Além disso, deve-se observar que a variabilidade genética dos patógenos testados é extremamente grande. Por outro lado, os nossos resultados permitiram identificar um extenso polimorfismo entre isolados de C. lindemuthianum e P. griseola, o qual pode ser usado como auxílio em estudos de diversidade genética entre patótipos. Os dados de distância genética gerados pelas nossas análises classificaram os patótipos em grupos distintos e podem auxiliar na identificação de similaridades genéticas entre os isolados.
Thesagro: Colletotrichum Lindemuthianum
DNA
Feijão
Identificação
Phaseolus Vulgaris
NAL Thesaurus: Phaeoisariopsis griseola
anthracnose
ISSN: 0100-5405
Language: Portugues
Type of Material: Artigo de periódico
Access: openAccess
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPAF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
sp-2001.pdf3,4 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace